A «escanifobética»

  • 24 jan, 00:00
Veja episódio na integra

Tomé (Pedro Teixeira) diz a Aida (Ana Guiomar) que também está muito cansado e ela estranha, pois o café não está assim tão movimentado. Tomé conta que teve de aturar Peixoto (Vítor Emanuel), que esteve ali a enfrascar-se por causa de Valquíria (Maria Sampaio). Aida diz-lhe que tem muita sorte em a ter a ela e nunca ter sofrido por amor. Fátima ouve isto e questiona Tomé. Ele ameaça despedi-la. 

Peixoto pergunta a Bino (Pedro Alves) se acha mesmo que com dinheiro ele consegue reconquistar Valquíria. Bino não tem dúvidas de que isso acontecerá, só têm de magicar um plano infalível para sacar dinheiro a Corcovada (Maria do Céu Guerra). Peixoto alinha, mas só daqui a uns dias, pois está demasiado bêbado. Bino vai buscar café para poderem começar já hoje.

O Sôtor (José Carlos Pereira) dá instruções às mulheres sobre como se devem comportar para que ninguém desconfie do que ali se passa. Elas anuem a tudo o que ele diz e olham-no deliciadas. Fátima (Marta Andrino) e António (Luís Simões) observam Tomé e Aida. Fátima tenta perceber qual foi a reação de Aida ao ler a carta, mas António só consegue dizer que ficou estranha. António repara em Aida a roer as unhas e diz que só pode ser uma coisa muito grave. 

Zé Tó (Aldo Lima) abre uma garrafa de vinho e São (Sílvia Rizzo) é apanhada de surpresa, não estava a contar com aquilo. Zé Tó diz que ela já deve ter a boca seca de tanto falar e São reconhece que às vezes se entusiasma e fala muito. Zé Tó propõem um brinde ao entusiasmo de São e sorriem um para o outro. 

Betinha (Ana Marta Contente) está farta de ter a vida empatada por causa de Bino e envia-lhe uma mensagem a dizer que precisam de ter uma conversa séria. Aida já arrancou o gelinho todo das unhas e faz perguntas sobre coisas que Tomé já lhe tinha dito. Ele começa a achar aquilo tudo muito estranho e exige saber onde é que ela está com a cabeça. Tomé acha que Aida está estranha e diz que parece escanifobética. Ela não gosta e diz que escanifobético está ele. Aida critica a comida do café e garante que em casa comia melhor. Tomé fica chateado, pois só queria poupá-la. Vão os dois para casa a discutir. 

O Sôtor consulta Celeste (Margarida Antunes) com alguma dificuldade, uma vez que ela não lhe larga a mão. Celeste diz que só o Sôtor consegue descobrir logo as suas maleitas. Ele tenta soltar a mão para poder consultá-la, mas sem sucesso. 

Abel (Júlio César) chega a casa e estranha ver Isabel (Marta Melro) já de pijama, pois ainda há pouco passou pelo consultório e pareceu-lhe ver luz. Isabel fica intrigada porque quando saiu, Manuela (InÊs Herédia) saiu logo de seguida também. Isabel fica a pensar se será melhor ir ver o que se passa.

Betinha está ansiosa à espera que Bino lhe diga alguma coisa, quando ele finalmente liga, Aida e Tomé chegam a casa desvairados. Betinha não pode atender a chamada e os pais atropelam-se para lhe perguntar qual deles é mais escanifobético. Betinha nem sabe o que isso é. 

Florinda (Ana Brito e Cunha) pergunta a Carlos (Rodrigo Paganelli) como foi o dia na casa da senhora. Carlos diz que foi um descanso. Florinda pergunta se ele descongelou comida. Carlos diz que cozinhou e que a senhora adorou a comida. Florinda fica espantada. 

São e Zé Tó já beberam uma garrafa de vinho. São vê as horas e fica aflita por ser tão tarde. Ele afirma que quando o vinho e a companhia são bons, o tempo voa. São diz que tem mesmo de ir e Zé Tó conta que também precisa de descansar, porque amanhã de manhã chegam os atores para começarem os ensaios. São fica siderada com a novidade.

Episódios

Mais Episódios