Aida é encostada à parede

  • 7 mai, 00:00
Veja episódio na integra

Fernando (Manuel Marques) e São (Sílvia Rizzo) chegam a casa com as malas de viagem. Ao ver as suas malas de viagem, Vuitton (Beatriz Costa) atira-se a elas e abre-as só com o braço bom. São vai para abrir a sua mala, mas não se lembra do código. Bufa, furiosa.

Camila (Marta Gil) está a contar o dinheiro que estava no cofre. Betinha (Ana Marta Contente) ainda está incrédula. O Padre (Carlos Cunha) diz que precisa de Bino (Pedro Alves) para enterrar um morto, mas Camila ainda precisa de rever umas contas. Bino diz que não pode deixar o morto à espera e, de forma educada, vai empurrando Camila para fora da sala.

Florinda (Ana Brito e Cunha), aflita, chama por Carlos (Rodrigo Paganelli) e pergunta-lhe se ele mudou o dinheiro de sítio. Carlos não se lembra dela ter mudado o esconderijo e vai ver no sítio onde o dinheiro deveria estar.

Louis (Valdemar Brito) brinca com Ana Carolina (Beatriz Barosa) por ela andar de braço esticado à procura de rede. Ana Carolina ri-se das piadas do emigrante e o jovem mostra-se feliz com isso. Mais tarde, acaba mesmo por convidar a bisneta de Corcovada (Maria do Céu Guerra) para ir almoçar e ela aceita.

Aida (Ana Guiomar), Tomé (Pedro Teixeira) e Manuela (Inês Herédia) estão à espera de uma explicação para o desaparecimento do Sôtor (José Carlos Pereira). Ele diz que apenas teve uma emergência e agradece a hospitalidade.

Tomé fica aflito quando o Sôtor diz que depois passa lá por casa para ir buscar a sua mala. Tomé apressa-se a dizer que não ficou lá nada em casa.

São (Sílvia Rizzo), Fernando (Manuel Marques) e Vuitton (Beatriz Costa) continuam de volta da mala, a tentar abri-la. São desiste e encarrega Fernando de resolver o problema. Fernando sugere usar uma faca, mas São não quer estragar a mala. Vuitton fica desiludida ao saber que a mala é uma imitação.

Albino (Pedro Alves) dirige-se para o cemitério e atrás dele vai o Padre (Carlos Cunha), a picar-lhe o juízo. O Padre repreende-o por ter deixado a família do morto à espera e questiona porque é que ele insiste em ser coveiro se não tem vida para isso. Albino diz que faz questão de ser a última pessoa a encaminhar os seus fregueses.

Camila (Marta Gil) conversa com Glória (Catarina Avelar) sobre as trafulhices de Albino e ambas concordam que Tomé é que devia ser o Presidente da Junta. Acabam por falar na festa e Glória diz que por ela nem se fazia. Camila estranha, já que a mãe sempre gostou da festa e foi lá que conheceu o marido.

Florinda está desesperada e acha que foram roubados. Carlos continua à procura do dinheiro, pois tem esperança que a mãe o tenha guardado noutro sítio. Albino liga a contar que despachou Camila, mas Florinda não tem paciência para o ouvir. Carlos pergunta a Florinda se contou ao pai onde estava o dinheiro, mas ela diz que não.

Corcovada (Maria do Céu Guerra) anda pela loja dos chineses e acha piada a tudo o que vê. Manel (Vítor Norte) já está habituado a que ela se exceda nas compras e fala com ironia. Corcovada vê os varões, mas Manel consegue convencê-la de que já tem muitos. Não acontece o mesmo com os cortinados, que são a perdição de Corcovada. 

Fernando anda de volta da mala a experimentar combinações, até que consegue abrir a mala: era a data de aniversário da mãe dele. Enquanto São e Vuitton ficam de volta das roupas, Fernando guarda algum dinheiro às escondidas. 

Ana Carolina e Louis estão a gostar dos petiscos. Fátima (Marta Andrino) vai falar com eles para saber o que estão a achar. Jorge (Manuel Melo) chega de ressaca e Fátima dá-lhe a conta da noite anterior.

Tomé tenta passar despercebido, mas Fátima vai logo ter com ele e pergunta-lhe o que estava a fazer no gabinete. Tomé disfarça.

Aida queixa-se que o marido não anda bem desde que o Sôtor desapareceu e que anda insuportável. Tomé fica inseguro e pergunta à mulher se ainda gosta dele como antes. Aida fica em silêncio e o ambiente fica tenso.

RELACIONADOS

Vem aí: Florinda é roubada dentro da própria casa!

Episódios

Mais Episódios