Bino e Florinda vão voltar?

  • 26 mai, 00:00
Veja episódio na integra

Aida (Ana Guiomar) mostra as fotografias do apartamento no Algarve e Tomé (Pedro Teixeira) começa a ficar muito entusiasmado. Tomé começa a imaginar o que vão fazer por lá e Aida vai dizendo o que podem fazer em cada divisão da casa. Quando chegam ao quarto, Tomé não se contém e começa a beijar Aida e a dar-lhe uns amassos. Aida e Tomé já estão muito entusiasmados e fogosos. Tomé sugere irem para casa para darem continuidade ao que começaram ali. Aida diz que apesar de tudo, continuam juntos e nada os derruba, mas nisto aparece Josefa (Rita Salema). Aida e Tomé ficam em choque.  

Bino (Pedro Alves) anda ali às voltas para dizer o que quer dizer e Betinha (Ana Marta Contente) começa a ficar farta, mas está longe de imaginar o que aí vem. Betinha ameaça ir embora e Bino lá lhe diz que precisa de um tempo. Betinha fica em choque.

Nelinha (INês Herédia) continua triste com a possibilidade de Isabel ir embora da aldeia. O Sôtor (José Carlos Pereira) apercebe-se que ela está triste e tenta animá-la. Nelinha diz que todas as pessoas de quem gosta acabam por ir embora. O Sôtor afirma que nem todas e diz-lhe que ele não vai a lado nenhum. 

Aida e Tomé estão paralisados. Aida acha que está a ver fantasmas, mas Josefa vem na sua direção e fala. Aida passa-se e diz a Tomé para resolver aquilo. Aida diz que Tomé tanto falou nela, que ela apareceu.

Betinha continua incrédula e diz que os adolescentes é que pedem um tempo. Bino diz que precisa de estar sozinho um tempo e Betinha acha que ele está parvo. Betinha desata a chorar.

Nelinha e o Sôtor estão muito próximos, mas ela desvia o olhar e diz que a culpa é dele porque decidiu ser Guru e tiveram de contratar Isabel (Marta Melro). Nelinha confessa que ao início não gostava muito dela, mas depois começou a afeiçoar-se. 

Bino fica aflito ao ver a reação de Elisabete e tenta dar a volta à situação. Ela percebe que ele quer acabar com ela e não acha justo, depois de tudo o que passaram. Bino diz que só precisa de um tempo para tirar a carta sem distrações. 

Nelinha continua a rogar pragas ao Sôtor e a culpá-lo por aquela situação. Ela diz que enquanto ele estava no topo da montanha a tocar pifarete, ela estava ali a afeiçoar-se à nova Sôtora, para agora ir ficar sem ela. O Sôtor faz um esforço para não se rir e promete não a prejudicar mais. Nisto aproxima-se dela e beija-a. 

Aida vai bebendo minis e mandando bocas. Josefa pede ao irmão para esquecer o passado e aproveitar o presente, pois ela é a sua única familiar viva. Aida não consegue ouvi-la e não dizer nada e lembra-a de que lhes roubou a herança. Josefa quer esquecer isso e ficar bem com o irmão.

Abel (Júlio César) pergunta a Mário (Pedro Giestas) e sempre vai embora hoje e diz que quer ter uma conversa com ele de homem para homem. Mário convida o pai a sentar-se e diz ter todo o gosto em conversar com ele. 

Aida continua pegada com Josefa e diz que ela podia era devolver o dinheiro que lhes roubou, em vez de estar para ali com falinhas mansas. Josefa pede-lhe para esquecer o passado e não a olhar com rancor. Aida tem vontade de lhe bater e Tomé pede silêncio.

Mário explica que precisou sair de casa e perder Isabel para perceber o quão errado estava e como foi mau marido, mau pai e mau filho. Assim que percebeu, resolveu a sua relação com Rita e disse aos filhos o quanto os amava. Depois soube que ia ser pai novamente e quis corrigir tudo o que estava mal. Mário e Abel abraçam-se emocionados. 

 

Episódios

Mais Episódios