Carlos beija Fátima

  • 6 ago, 00:00
Veja episódio na integra

Corcovada diz que tem todo o gosto em ser madrinha do noivo do ano. Corcovada avisa que vão ter de ensaiar uma dança, pois faz questão de dançar com ele. António não consegue deixar de pensar na confusão que aquilo pode dar com Aida. 

Carlos vai ter com Fátima e diz-lhe que António está em casa de Corcovada. Fátima estranha aquela conversa e pergunta-lhe o que quer. Carlos diz, sem papas na língua, que a quer a ela.  Fátima acha que Carlos se passou por lhe estar a dizer aquelas coisas, mas ele garante que nunca esteve tão lúcido. Carlos acha que Fátima ainda sente alguma coisa por ele, senão não estava sempre a fugir. Fátima fica gélida.

Jorge e Vânia desfazem o abraço, mas Jorge ainda não a consegue encarar porque está envergonhado. Vânia diz-lhe que não tem de ter vergonha daquilo e que isso não vai mudar em nada o que sente por ele. Jorge fica mais confiante, mas volta a ficar aflito quando Vânia fala em contar às amigas.

Quina fica curiosa por ver Corcovada a dançar e esta conta-lhe que aceitou ser madrinha de casamento de António. Quina alerta-a para os custos que aquilo acarreta, mas Corcovada tem todo o gosto em oferecer-lhe o fato, o copo de água e a lua de mel.

Fátima está verdadeiramente irritada com a postura de Carlos e lembra-o de que está noiva. Carlos diz que Ana Carolina saiu de casa porque está baralhado com Fátima. Carlos beija Fátima, mas ela afasta-o e dá-lhe um estalo. Fátima ameaça contar tudo a António, mas Carlos não parece importar-se.

Vânia acalma Jorge e promete que não vai contar nada às amigas, nem pressioná-lo a nada. Vânia confessa que até acha fofinho que ele seja virgem, mas Jorge fica todo nervoso quando ouve aquela palavra e pede-lhe para não voltar a dizer.

António continua embasbacado com a generosidade de Corcovada e não consegue dizer nada. António abraça-a para lhe agradecer e Quina comove-se com o momento. Quina diz que não há ninguém tão generoso como Corcovada. Esta afirma que os jovens precisam de ajuda e que adora uma boa festa.

Aida e Tomé acabam de jantar e planeiam ir já para o sofá, relaxar e ver séries. Assim que se sentam, chegam Josefa e Glória. Josefa diz que vão trabalhar na organização do teatro de Revista e pede a Tomé para pedir a Aida para lhes servir o jantar. Tomé até tem medo de olhar para Aida e quando olha, percebe que aquilo vai dar barraca.

Albino está deliciado a jantar chanfana e afirma que aquela é a melhor chanfana do mundo. Albino tem muitas saudades dos cozinhados de Florinda e pergunta-lhe quando volta para casa, mas Florinda prefere que continuem assim.

Glória e Josefa já estão sentadas à mesa e Glória reclama por ainda lá estarem os pratos de Aida e Tomé. Josefa diz que é naquela imundice que vive. Aida tem de respirar fundo para se controlar. Josefa insiste que Tomé deve pedir a Aida para lhes servir o jantar, mas Aida está é com vontade de as matar.

Aida, Josefa e Glória discutem e estão quase a agredir-se. Tomé está muito nervoso e percebe que tem de intervir. Aida consegue expulsar Glória e Josefa de casa e assim que o faz, fica muito calma e senta-se no sofá para fazer o programa que tinham planeado. Tomé fica atónito com aquela mudança tão drástica.

Carlos come a chanfana com vontade e os pais tentam saber como ele está depois de ter terminado o namoro com Ana Carolina. Carlos diz que está melhor sozinho, pois a relação deles também já não era nada. Carlos quer aproveitar o momento para contar uma coisa aos pais.

Episódios

Mais Episódios