O casamento de Bino e Betinha

  • 13 mai, 00:00
Veja episódio na integra

Tomé (Pedro Teixeira) e Aida (Ana Guiomar) chegam ao café e Bino (Pedro Alves) puxa Tomé discretamente à parte para falarem. Bino afirma que o plano de Tomé não correu nada como o previsto e até já mete Guarda. Tomé não percebe porque chamaram a Guarda e Bino explica que Fernando (Manuel Marques) desapareceu e São (Sílvia Rizzo) fez o que seria de esperar. Tomé fica tenso. 

 

O Sôtor (José Carlos Pereira) e Isabel (Marta Melro) já estão a perceber que não vão ter pacientes hoje, pois estão todos entretidos com a confusão que se passa na aldeia. Uma boa confusão é o melhor remédio para qualquer doença. Nem Nelinah (inês Herédia) apareceu ao trabalho e Isabel aproveita para perguntar ao Sôtor como está a relação deles. 

 

Corcovada (Maria do Céu Guerra) quer deixar bem claro que Abel (Júlio César) nunca a incomoda e que é sempre bem-vindo. Ela revela que pensou muito nele no Brasil e desejou muitas vezes que ele também lá estivesse. Abel assume que também teve muitas saudades de Corcovada e ficam os dois a olhar um para o outro e a sorrir. 

 

Bino insiste para que Tomé tenha cuidado com o que diz, para não se incriminar. Tomé lembra que ele também está metido naquilo e Bino explica que por isso mesmo é que está tão preocupado. Tomé afirma que vai responder de forma segura, mas assim que o Guarda lhe diz que quer falar com ele, Tomé quase desmaia. 

 

O Sôtor tenta escapar às perguntas de Isabel e afirma que não há nada entre ele e Nelinha. Isabel sabe que isso não é verdade e vê muito bem que se passa algo. Isabel acha que apesar de um pouco maluca, Nelinha pode ser a pessoa certa para o Sôtor e até tem estado mais calma. Nisto aparece NElinha e grita que foram todos raptados. 

 

Zé Tó (Aldo Lima) tenta desesperadamente soltar Fernando (Manuel Marques) e pede-lhe para parar de falar italiano, pois já não o pode ouvir. Fernando não percebe o pedido dele, pois está convencido de que é realmente italiano. Zé Tó tem vontade de se atirar contra a parede para desmaiar de novo e acabar com aquilo. 

 

Tomé está a ser interrogado pela Guarda e Bino vai fazendo sinais para ele dizer que não viu nada. Fátima (Marta Andrino) repara que Tomé está muito nervoso e o Padre (Carlos M Cunha) concorda. Aida (Ana Guiomar) diz que ele está assim porque não é fácil ser interrogado, mas nem ela acredita nisso. Aida vê Bino a fazer sinais a Tomé e fica ainda mais desconfiada. 

 

Nelinha está a contar o que sabe, mas conta tudo de forma tão atabalhoada que Isabel e o Sôtor não estão a perceber nada. O Sôtor acha melhor ir ver o que se passa e Nelinha vai com ele. Isabel acha graça por eles estarem sempre juntos, mas recusarem-se a aceitar que estão apaixonados. 

 

O Guarda retoma o interrogatório, com Tomé cada vez mais nervoso, embora negue. O Guarda acha suspeito Tomé estar tão calmo quando desapareceram duas pessoas. O Guarda quer saber onde Tomé esteve ontem à noite, mas ele fica tão nervoso que não consegue responder. Bino salta em defesa dele e diz que estiveram juntos na Junta.

 

Zé Tó lá consegue soltar Fernando e pede-lhe para que o ajude a retirar as suas amarras também, mas Fernando está alheado, a falar italiano. Zé Tó não quer acreditar no que está a acontecer. Zé Tó chama Fernando à realidade, mas ele está mais preocupado com que vai comer e nem se lembra de quem é. Zé Tó grita por socorro. 

 

Aida começa a ficar confusa com as novas informações e diz que precisa de ser esclarecida. Vendo o cerco a apertar-se, Bino diz que se encontrou com Tomé em segredo para organizarem o casamento. Aida fica em choque. Tomé não sabe se prefere ir preso ou falar do casamento de Albino e Betinha.  

Episódios

Mais Episódios