O resultado das eleições

  • 26 out, 00:00
Veja episódio na integra

Albino (Pedro Alves) continua a barafustar, resistindo aos funcionários que estão a tentar pô-lo na rua. Carlos (Rodrigo Paganelli) tenta chamar o pai à razão e diz-lhe que aquilo é péssimo para a sua imagem, mas Albino não quer saber e insiste que vai esperar pelos resultados no seu gabinete. Camila (Marta Gil) aparece e lembra que aquele gabinete ainda é seu. Albino bufa de raiva. 

Glória (Catarina Avelar) e Valquíria (Maria Sampaio) contam os votos. Aida (Ana Guiomar) está por ali a assistir, inquieta e vai balbuciando coisas impercetíveis. Valquíria baralha-se toda nas contagens e Glória manda vir com ela. Aida não se conforma por ter desistido das eleições. 

Albino enfrenta Camila e diz-lhe que o gabinete será dela por pouco tempo. Camila afirma que apesar disso, o gabinete ainda é seu e pode mandar prendê-lo por invasão. Albino muda de tática e finge-se muito emocionado por estar prestes a realizar um sonho. Camila tem pena dele e deixa-o entrar, mas ele estica-se logo e Camila tem de o pôr no lugar. 

O Padre (Carlos M. Cunha) está preocupado com a contagem de Valquíria e pede a Glória para confirmar os votos. Aida culpa Tomé (Pedro Teixeira) por não a ter ajudado a fazer desaparecer o vídeo em que abdicava da sua candidatura e continua a inventar desculpas para aquilo ter acontecido. Valquíria pede silêncio para conseguir contar, mas percebemos que está com grandes dificuldades. Continuam todos muito ansiosos com o resultado das eleições. 

Jorge (Manuel Melo) tenta arrebitar a família e diz que a vitória está no papo, mas nem todos estão convencidos disso. Fernando (Manuel Marques) pede a Jorge para ir saber dos resultados e ele deixa cair alguns brindes que percebemos que tinha roubado. Jorge diz que lhe dão jeito para as excursões. Manuela (Inês Herédia) queixa-se que falta emoção naquelas eleições e Fátima (Marta Andrino)  sugere beberem umas imperiais. Manuela anima-se ao ver Ana Carolina (Beatriz Barosa) e quer saber porque motivo ela voltou novamente para a Bela Vida. 

Estão todos ansiosos a assistir à contagem dos votos pela TV. Mário (Pedro Giestas) aparece para entrevistar o futuro Presidente da Câmara e Albino fica todo vaidoso. Mas Mário questiona-o sobre as acusações de roubo no cemitério e Albino fica azul. 

Ana Carolina explica que voltou porque teve saudades da bisavó e porque pode fazer o mestrado à distância. Fátima deixa escapar que Ana Carolina voltou foi por causa de Carlos e Ana Carolina não gosta do comentário. Ana Carolina afirma que nunca lhe deu confiança para falar da sua vida e Fátima fica sem reação. 

Albino faz um esforço para não explodir, mas Mário volta a repetir a pergunta e Albino explode mesmo. Albino acusa Mário de ser um abutre à procura de escândalos e até Camila fica do lado de Albino desta vez. Glória e Valquíria acabam de contar os votos e o Padre benze-se. 

Fernando e São (Sílvia Rizzo) não aguentaram a curiosidade e foram até ao café para saber os resultados. Albino continua possesso e Peixoto (Vítor Emanuel) diz que a suspeita existe. Albino fica furioso com Peixoto e diz-lhe para se juntar a Mário. Carlos avisa que vão anunciar o vencedor da Câmara e Albino pede silêncio. Ficam todos em suspenso, a olhar para a TV. Anunciam Albino como vencedor e Peixoto é o primeiro a reagir. Todos dão os parabéns a Albino, mas ele não diz uma palavra e vemos agora que olha para a TV em choque. 

Fernando e São olham um para o outro, mas não percebemos qual o sentimento. Aida acha que lhes vai dar uma coisinha má. Valquíria fala com Peixoto e ele conta-lhe que Albino ganhou. Fernando e São festejam finalmente e Jorge junta-se a eles. São pergunta a Aida se não lhe dá os parabéns e Aida diz não foi nenhum feito ganharem sozinhos. 

Carlos consegue fazer com que Albino se sente, mas ele continua catatónico. Peixoto diz que sabe o que fazer e pede a todos para lhe darem espaço. Elisabete (Ana Marta Contente) também tenta ajudar, mas sem sucesso. Florinda (Ana Brito e Cunha) está muito aflita. Peixoto insiste que sabe o que fazer. Aida chega inconsolável e António percebe que foi Fernando que ganhou as eleições. 

Aida continua a culpar Tomé por não a ter ajudado. Tomé já está farto de aturar Aida e encaminha-a para António, para que seja ele a consolá-la. António (Luís Simões) diz-lhe que vai ficar tudo bem e pergunta-lhe se quer desenhar um arco-íris. Tomé consegue escapar-se. Peixoto observa Albino atentamente e todos lhe pedem para fazer alguma coisa, rápido. Peixoto diz que vai tentar desligar e ligar o sistema nervoso de Albino, através de um real chapadão. 

Ficam todos impressionados, mas a verdade é que funciona e Albino começa aos saltos, a festejar a vitória. Alice (Telma Cardoso) diz que Mário foi cobrir as eleições para a Câmara e que estava todo entusiasmado. Isabel fica feliz por ele, mas gostava que ele mostrasse entusiasmo por outras coisas na sua vida. Alice acha que é só uma fase e que vai passar. Isabel fica aliviada quando Alice lhe diz que acha que Tomás gosta dela, mas não admite. 

 

RELACIONADOS

Vem aí: Padre e Celeste em clima romântico

Episódios

Mais Episódios