Tomé revela que António é um milagre

  • 16 set, 00:00
Veja episódio na integra

Em «Festa é Festa», Tomé (Pedro Teixeira) garante que quando António (Luís Simões) se tornar um campeão, Fátima (Marta Andrino) não lhe irá resistir. António fica mais convencido e vai todo animado treinar.

Bino (Pedro Alves), irritado, tenta expulsar alguns populares que ali foram barafustar. Quando fica sozinho diz que aquilo não é vida para ele. Bino chama Betinha (Ana Marta Contente) e pergunta-lhe se acha bem o que ali se passou. Ela não sabe o que dizer e Bino diz-lhe para dizer que não acha bem. E ela assim faz.

Nelinha (Inês Herédia) pergunta ao Sôtor (José Carlos Pereira) se quer primeiro as más notícias ou as más. O Sôtor julga que ela se enganou, mas Nelinha afirma que só tem más notícias. Manuela queixa-se das condições de trabalho e informa que a primeira paciente é Aida (Ana Guiomar).

Bino (Pedro Alves) ainda perturbado com o manifesto popular, desabafa com Betinha (Ana Marta Contente) e diz que esteve a muito pouco de ser linchado. Elisabete acha um exagero, mas Bino diz que ele é que sabe e que a partir de agora a população está proibida de entrar na Junta. Betinha acha que não faz sentido, mas faz o que Bino lhe manda.

O Sôtor (José Carlos Pereira) atende Aida (Ana Guiomar) e ela exige saber que instrumentos ele tem ali para a observar. O Sôtor acha melhor Aida dizer o que sente e depois ele logo decide que instrumentos precisa. Aida confessa que gostava mais das consultas no consultório e que lá o Sôtor era mais Sôtor, mas mostra-se solidária com ele. Sotor trata de Diana que está tetraplégica. Diana pede a Sotor para acabar com o sofrimento dela. Sotor diz que vai cuidar dela para sempre, mas Diana não quer continuar assim.

Bino (Pedro Alves) chama Betinha (Ana Marta Contente) e diz que têm de começar a tratar dos cartazes com a sua fotografia. Betinha lembra que mais importante do que os cartazes é ter um programa Eleitoral e Bino assume que ainda não o tem. Albino agradece a Betinha por estar sempre ali para o auxiliar e justifica que é difícil lembrar-se de tudo.

Aida (Ana Guiomar) acorda o Sôtor (José Carlos Pereira) dos seus pensamentos e pede-lhe para arrebitar, pois tem uma fila enorme de pacientes para atender. O Sôtor recompõe-se e foca-se nas queixas de Aida. Ele suspeita que se trate de um quadro de ansiedade.

Bino (Pedro Alves) está a conversar com Betinha (Ana Marta Contente) quando entram Peixoto (Vítor Emanuel) e Valquíria (Maria Sampaia). Betinha apressa-se a correr com eles, mas Bino repreende-a e diz que eles não são povo. Bino lembra que Peixoto faz parte da equipa e que têm que falar sobre Valquíria. Betinha fica desconfiada.

Valquíria (Maria Sampaio) está superexcitada com a possibilidade de vir a ser a nova secretária da Junta e menospreza o trabalho de Betinha (Ana Marta Contente). Bino (Pedro Alves) fica desagradado com a forma como Valquíria e Peixoto (Vítor Emanuel) falam de Elisabete.

Manel (Vítor Norte) diz a Florinda (Ana Brito e Cunha) que também já tinha reparado em algo estranho com Corcovada (Maria do Céu Guerra) e que ficou preocupado. Florinda julga que ele está a falar do mesmo que ela e vai ficando cada vez mais preocupada. Manel acaba por dizer que Corcovada já não vai às compras há mais de uma semana e Florinda fica desconcertada, pois estava a falar de outra coisa.

Florinda (Ana Brito e Cunha) fica aliviada por Manel (Vítor Norte) estar a falar de outra coisa e não ter dado por nenhuma falha de memória de Corcovada (Maria do Céu Guerra). Manel acha aquela preocupação infundada, pois Corcovada tem mais memória do que uma ninhada de elefantes e ainda os vai enterrar a todos. Florinda gosta de ouvir aquilo.

Bino (Pedro Alves) avisa que para Valquíria (Maria Sampaio) poder ser a nova secretária da Junta, Fernando (Manuel Marques) terá que ser eleito Presidente da Junta e para isso terá que mudar. Valquíria fica amuada, pois achou que já estava tudo certo. Bino diz que têm de resolver um assunto sobre a vida de Fernando, do qual as pessoas andam a falar.

Tomé (Pedro Teixeira) senta António (Luís Simões) num banquinho e mostra-lhe um terço. Tomé diz que passou a ser crente depois de ter assistido a um milagre. António não está a perceber nada da conversa e teme que Aida o veja sentado e ralhe com ele. Tomé revela que António é o milagre e que o que fez no ringue é de outro mundo.

Jorge (Manuel Melo) informa Corcovada que vão entregar a encomenda ainda hoje e que depois passa lá por casa para ver a nova princesa da aldeia. São (Sílvia Rizzo) ouve e fica intrigada, mas não tem paciência para as conversas do sobrinho.

Tomé (Pedro Teixeira) continua a dar graxa a António (Luís Simões) e quer oferecer um leitão à mãe dele. António agradece, mas Tomé insiste que ele é que tem de agradecer pelo que viu António fazer com o stick e faz-lhe vénias. António já não sabe o que dizer e tenta levantar-se, mas Tomé não deixa.

Bino (Pedro Alves) liga a Fernando (Manuel Marques) e combina ir a casa dele para conversarem sobre a sua candidatura à Junta. Bino tem noção de que vai ser uma conversa difícil, ainda por cima porque ele se dá muito bem com o filho e é natural que fique abalado.

António (Luís Simões) já está farto de ouvir Tomé (Pedro Teixeira) e pergunta se pode voltar ao trabalho, mas Tomé insiste em afirmar que o hóquei é muito melhor do que o futebol, numa tentativa de entusiasmar António. Aida (Ana Guiomar) chega no momento em que António e Tomé dizem que se lixe a Dona Aida e ficam com um sorriso amarelo.

Bino (Pedro Alves) sabe que a conversa com Fernando (Manuel Marques) vai ser difícil, mas vai ter de acontecer e antes agora do que a meio da campanha. Valquíria (Maria Sampaio) começa a fazer planos para remodelar a Junta, porque acha que o espaço não está capaz. Bino não gosta, mas já nem diz nada. Albino vai a casa de Fernando e informa que o assunto que tem para falar com ele é delicado. Fernando já percebeu isso, mas gostava de saber realmente do que se trata.

Episódios

Mais Episódios