Aos 9 anos, Joana sobreviveu a um atropelamento de forma milagrosa

  • 7 mai, 18:19

No «Goucha», recebemos o «milagre» da vida de Cristiana, uma mãe que viveu angustiada com a possibilidade de perder a filha.

Joana tinha 9 anos quando, no dia 27 de janeiro de 2017, um carro a atingiu violentamente deixando-a entre a vida e a morte. Cristiana, que trabalhava a poucos metros do local, foi das primeiras a ver a filha ensanguentada e inerte no asfalto. 

Cristiana pensou na hipótese de perder a filha. Joana teve um traumatismo crânio-encefálico e esteve em coma induzido durante três semanas. Contra todas as expectativas, Joana sobreviveu mas ficou com sequelas.

O bombeiro que primeiro socorreu a pequena Joana foi também nosso convidado e relatou o que aconteceu.

MAIS