Bruno foi atingido por uma bala perdida: «A minha vida foi por água abaixo»

  • 22 set, 18:23

No «Goucha», conhecemos a história de Bruno, que 14 anos depois ainda espera uma indemnização.

Bruno Inácio tinha 26 anos e três filhos menores quando foi apanhado por uma bala, que lhe podia ter tirado a vida. Tudo aconteceu no Montijo, quando estava à conversa com amigos. A bala atravessou o abdómen e ficou alojada nas costelas. O autor do disparo acabou por ser detido e condenado a seis anos de prisão efetiva e a pagar uma indemnização de 210 mil euros. Porém, Bruno que passou por enormes dificuldades económicas, após este acidente, não recebeu nada até hoje: «A minha vida foi por água abaixo»

Tudo aconteceu na véspera da passagem de ano, a 30 de dezembro de 2007. A bala perfurou o figâdo, o estômago e as costelas. Bruno esteve cerca de 2 anos sem poder trabalhar e com a vida comprometida. Bruno era atleta e chegou a ser campeão nacional em trampolim. Depois do acidente, viu-se impossibilitado de continuar o sonho e teve de arranjar outras formas de sustento.

PUB

Ao lado da mulher, com quem já tem 5 filhos, abriu uma mercearia que, devido à pandemia, não tem sido rentável.

O advogado e ex-inspetor da PJ, Paulo Santos, esteve em estúdio para esclarecer as possibilidades que o convidado tem em receber o que lhe foi atribuído.

PUB
PUB
MAIS