Devido a uma fobia, Hugo viveu 2 meses fechado em casa: «Tinha sensações de pré-pânico»

  • 27 fev, 18:25

No Goucha, conhecemos a história de um homem que viu a ansiedade e o pânico perseguirem-no.

Hugo Soares tem 41 anos e sofre de ataques de ansiedade há mais de 20. Tinha 12 anos quando teve a primeira crise de ansiedade e 23 quando sofreu o primeiro ataque de pânico. Conta que viveu 2 meses fechado em casa devido a uma crise de agorafobia, o medo de se expor em situações públicas: «Tinha sensações de pré-pânico».

Recorreu a ajuda e fez vários tratamentos para hoje conseguir ter uma vida praticamente normal.

Desde sempre que teve uma relação estreita com os medos. Tinha medo do escuro e de dormir sozinho até à adolescência até que surgiu a primeira crise de ansiedade num treino de futebol. Desde então, sempre que algo saía da rotina era motivo de ansiedade e o medo apoderou-se de si. Aos 21 anos, devido à ansiedade teve de desistir do futebol.

Hugo conheceu a mulher há 16 anos e admite que foi uma forma de viver a vida mais leve.

Hoje é professor em 3 escolas de ensino profissional em Lisboa.
 

MAIS

Mais Vistos

Goucha

Fotos

Vídeos