Sobrinha de Bruno Candé recorda assassinato do tio: «É um vazio muito grande»

  • 27 mai, 18:29

No «Goucha», Andreia Araújo fala das saudades que toda a família sente de Bruno Candé.

A 25 de Julho deste ano faz dois anos que Bruno Candé foi vítima mortal de um crime racista. Hoje relembramos este caso que chocou Portugal com Andreia Araújo, sobrinha de Bruno Candé. Ambos tinham uma relação de proximidade, visto ela ter apenas 4 anos de diferença para o tio. Andreia falou sobre a ausência do tio, que é muito querido na família: «É um vazio muito grande».

Bruno Candé tinha o sonho da representação e ainda chegou a ter alguns papéis no teatro e uma pequena participação na novela Única Mulher. Era descrito como alegre e brincalhão. Morreu sem cumprir o sonho de chegar mais longe como ator e de ver os três filhos crescer. O homicida foi condenado a 22 anos de prisão.

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Dois Às 10

Receitas

Fotos

Vídeos