Carla está impedida de ver o filho, que está institucionalizado: «Sinto que falhei como mãe»

  • 27 set, 18:16

No «Goucha», a convidada está desesperada e só quer ter o filho de volta.

Carla Silva estava desempregada, sem casa e com um filho de dois anos para criar sozinha. É no meio desta situação que o seu filho terá sido vítima de abusos sexual. Tendo em conta as suas circunstâncias em que estava a viver, Carla achou que a melhor maneira de proteger o seu filho era pedir ajuda à CPCJ. A criança de dois anos é encaminhada para uma instituição, de onde nunca mais saiu: «Sinto que falhei como mãe».

Segundo o acordo assinado pela mãe este iria por seis meses, para que ela reorganizasse a vida. A verdade é que Carla nunca mais conseguiu recuperar o filho porque as assistentes sociais diziam que a mãe não estaria emocionalmente estável.

André saiu da instituição para ser entregue à irmã da parte do pai. No passado mês de Julho, André voltou para uma instituição, situada no Fundão. Carla está desesperada. Não vê o filho há 10 meses e quer recuperar o menor.   

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Dois Às 10

Receitas

Fotos

Vídeos