Família de Sónia virou-lhe as costas e deixou-a com o ordenado penhorado

  • 15 set, 18:22

No «Goucha», a convidada conta como tornar-se fiadora da família tornou-se num pesadelo.

Quando são aqueles de quem mais gostamos a pedirem-nos dinheiro, muitas vezes confiamos, agimos com o coração e cedemos monetariamente. Foi o que alegadamente aconteceu a Sónia Botequilha, de 46 anos, que, por três vezes, aceitou ajudar a família sendo fiadora e pedindo crédito à banca por eles. A irmã e o cunhado deixaram de pagar os seus encargos, viraram-lhe as costas e hoje Sónia tem o ordenado penhorado em cerca de 700 euros.

Desiludida e revoltada com a família que a abandonou com uma dívida às costas, decidiu vir a público denunciar a situação. Sente-se triste por ter feito o melhor para os ajudar e ter sido «enganada», ficando com a vida comprometida. 

Em estúdio recebemos ainda Andreia Teixeira, economista, e Isabel Cerqueira, advogada, que falaram dos perigos de se ser fiador.

MAIS