Goucha quer conhecer Cristiano Ronaldo: «Ando há 30 anos para estar com ele»

No Goucha, conhecemos a história através do jovem Diogo, que passou por um período complicado na sua vida. Fala do seu maior ídolo, o jogador Cristiano Ronaldo.

Manuel Luís Goucha conversou com um jovem de 14 anos, que aos 12 foi diagnosticado com leucemia, e que é apaixonado por futebol. Durante a sua luta contra a doença, a Associação Make a Wish realizou o seu desejo de conhecer a seleção nacional de futebol e Cristiano Ronaldo. Perante a revelação, o apresentador ficou surpreendido e reagiu: «Eu ando há 30 anos para estar com ele»

Diogo revelou que foi muito «fixe» e que foi uma sensação sem explicação estar tão perto de um dos melhores jogadores de sempre.

Diogo Cunha foi diagnosticado com leucemia aos 12 anos. Uma luta que foi agravada depois de sofrer um AVC. Diogo sempre foi um jovem saudável, ativo e apaixonado por futebol. Depois de dores nas costas, recebeu o diagnóstico de leucemia, apanhando toda a família em choque. Diogo assume que temeu pelo futuro e pelo olhar dos outros: «Tinha medo do que é que as pessoas iam dizer de mim»

Perdeu o cabelo e ficou careca, mas confessa que não foi isso que lhe custou mais: «O que mais me custou foi pensar que não voltaria a jogar à bola».

Rapidamente iniciou os tratamentos, que foram muito dolorosos, não conseguindo comer e só falava por gestos. Na sequência da quimioterapia, Diogo sofreu um AVC e tudo piorou: deixou de andar e ficou numa cadeira de rodas.

Conhecemos os pais e irmão de Diogo, os apoios durante todo este processo. Ouvimos ainda o testemunho de dois meninos que passaram por situações oncológicas e que se tornaram grandes amigos de Diogo.

MAIS

Mais Vistos

Casos Reais

Fotos

Vídeos