Grávida atropelada na passadeira por idoso com carta caducada

  • 6 abr, 19:49

No «Goucha», conhecemos o testemunho de uma jovem que foi atropelada enquanto estava grávida de 35 semanas.

Joana Cunha atravessava uma passadeira enquanto estava grávida de 35 semanas, quando foi atropelada.O condutor em questão era um idoso de 80 anos, com a carta caducada.

O primeiro instinto de Joana foi perceber se estaria tudo bem com a filha Yara e acabou por entrar em estado de choque. Acabou por se verificar estar tudo bem com a bebé, mas infelizmente o mesmo não se verificou com a mãe.

PUB

Devido a este acidente, Joana não dobra o joelho, coxeia e tem atrofia muscular numa das pernas. Isto diminuiu drasticamente a qualidade de vida de Joana enquanto mulher e mãe.

Até hoje, o condutor em questão não foi punido de qualquer forma.

MAIS