Mulher foi agredida durante 34 anos: «O meu filho matou o pai para nos proteger»

  • 30 jun, 18:13

No «Goucha», conhecemos uma história de vida impressionante, marcada pela violência.

"Maria", nome fictício, é uma mulher que viveu desde sempre atormentada pelo companheiro, que lhe causou vários traumas e graves agressões. Agora, é uma mãe em sofrimento por ver o filho em prisão preventiva por ter matado o pai em sua defesa: «O meu filho matou o pai para nos proteger»

A convidada confessou que foi agredida tantas vezes que tenta esquecer-se de vários episódios. Ficou com a audição afetada, foi usada sexualmente e nem depois do nascimento dos filhos a violência acalmou, pelo contrário. Os filhos de "Maria" assistiam a tudo e também eles eram vítimas. Por isso, o filho mais novo da convidada, moído da dor e do sofrimento que este homem causava, assassinou o pai.

Tiago está a aguardar julgamento em prisão preventiva. A mãe, emocionada, espera que o filho possa não ficar preso, já que o fez para defender a família.

Veja os vídeos para conhecer um testemunho impressionante de sofrimento de vários anos.
 

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Dois Às 10

Receitas

Fotos

Vídeos