Em entrevista à Selfie, Artur Ribeiro, o autor de «Jogo Duplo», explica o que o levou a ditar as mortes inesperadas de Susana e Cátia, um casal que apaixonou os telespectadores.

 

O autor considera que as personagens de Jani Zhao e Anna Eremin formaram um «casal inesperado», sendo a primeira uma «assassina manipuladora e capaz de tudo» e a segunda uma «polícia honesta».

 

Neste jogo de sedução e mistério entre as duas, as atrizes, explica Artur Ribeiro, «encontraram uma inspiração nestas personagens que transbordou para o ecrã de uma forma única». O autor da novela lembra ainda que a história de Susana e Cátia «marcou a diferença e despertou interesse por todo o mundo». «Temos vistos comentários de pessoas que seguem a novela pela internet na América Latina e outros países da Europa e Ásia, até», revela.

 

Artur Ribeiro diz entender a tristeza dos fãs, mas explica que «esta nunca foi apenas uma história de um casal gay». «Foi sim uma história de amor impossível entre uma criminosa fria e implacável e uma polícia dedicada, honesta e íntegra, e apesar de sentirem algo que não costumam sentir devido às suas actividades que exigem alguma dureza e frieza, e com o qual não sabem bem lidar - o amor», remata.

 

Toda a entrevista para ler na Selfie.