Filipe Alves

Pedro Lacerda

Há conceitos complicados de gerir. A fidelidade, por exemplo. Quando casei com a Leonor, achei que tinha encontrado o meu grande amor, que ela ia bastar-me para ser feliz. Ha, ha, ha. Não demorou muito para descobrir que o tempo e a tentação andam de mãos dadas. E depois sabe como é: trair só custa a primeira vez. No meu caso, ainda tenho a vantagem de ter quartos espalhados pela cidade toda. Explico: sou consultor imobiliário na Diamond Homes, apartamentos de luxo com vistas deslumbrantes para os meus encontros clandestinos não me faltam. Essa brincadeira de sexo sem compromisso começou a ficar perigosa quando me envolvi com a Sara, a enteada do meu patrão. Aquilo que começou como uma noite igual a todas as outras foi-se transformando numa relação emocional. E quando os sentimentos são fortes, o perigo espreita. Resumindo: depois da Sara me contar que teve uma filha com um ex-namorado chamado Pipo e que não sabia dela, fiz o que qualquer homem apaixonado faria – fui à procura da criança. A minha investigação levou-me até à Madeira, onde acabei por me cruzar com a Lúcia, e… o que se esperava ser uma expedição bem-sucedida, vai revelar-se uma viagem com um fim sinistro. Desnecessário dizer que a minha mulher, a Leonor, e o meu filho, o Edu, vão sofrer com o meu desaparecimento. Todos acreditam que eu fugi com outra mulher. Será que algum dia a verdade será descoberta?