Anacom aplica coima única de 117.500 euros à Meo - TVI

Anacom aplica coima única de 117.500 euros à Meo

  • Agência Lusa
  • AG
  • 14 ago 2023, 11:43
Altice

Empresa incumpriu em cinco situações normas aplicáveis à construção, acesso e instalação

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) aplicou à Meo, da Altice Portugal, em cúmulo jurídico, uma coima única no valor de 117.500 euros por incumprimento em cinco situações, divulgou esta segunda-feira o regulador.

Em comunicado, a Anacom refere tratarem-se de "violações das regras aplicáveis à cessação dos contratos".

O regulador explica que aplicou à Meo, em cúmulo jurídico, uma coima única no valor de 117.500 euros por ter constatado que a empresa incumpriu, em cinco situações, normas aplicáveis à construção, acesso e instalação de redes e infraestruturas de comunicações eletrónicas".

Em causa, adianta, "estão quatro contraordenações por a Meo não ter utilizado as infraestruturas de telecomunicações já instaladas nos edifícios, tendo procedido a alterações nas infraestruturas em causa, quando estas permitiam suportar os serviços a prestar e a tecnologia a disponibilizar, e uma contraordenação por ter efetuado a ligação de uma infraestrutura de telecomunicações do edifício às redes públicas de comunicações em data anterior à emissão do respetivo termo de responsabilidade pela execução da instalação".

A Anacom salienta que "as condutas adotadas põem em causa o bom funcionamento dos serviços de comunicações eletrónicas, legalmente considerados como serviços essenciais, na medida em que foram feitas alterações em infraestruturas já instaladas que eram adequadas à prestação dos serviços e por ter sido ligada uma infraestruturas de telecomunicações de um edifício à rede pública de comunicações sem que tivesse sido previamente emitido, por um instalador devidamente credenciado, o respetivo termo de responsabilidade de execução".

Acrescenta que o prazo para impugnação judicial desta decisão "está ainda a decorrer".

Continue a ler esta notícia