Paulo Pereira: «Jogo com a Macedónia do Norte vai decidir quem fica em primeiro» - TVI

Paulo Pereira: «Jogo com a Macedónia do Norte vai decidir quem fica em primeiro»

Europeu de andebol: Paulo Jorge Pereira no Portugal-Islândia (Tamas Kovacs/EPA)

Selecionador explica importância dos próximos dois jogos, em Skopje (quinta-feira) e em Matosinhos (domingo), na corrida para o Euro2024

Relacionados

Paulo Pereira, selecionador de andebol, destaca a importância do jogo de quinta-feira com a Macedónia do Norte, em Skopje, na definição da primeira posição do Grupo 1 de apuramento para o Euro2024.

«Este jogo vai ser o primeiro de dois [com a Macedónia do Norte] e, teoricamente, vai decidir quem vai ficar em primeiro lugar do grupo, sem menosprezar a Turquia nem o Luxemburgo», considerou Paulo Pereira.

Portugal e Macedónia do Norte somam por vitórias os dois jogos já realizados, frente à Turquia e ao Luxemburgo, e os próximos dois jogos entre si, na quinta-feira, em Skopje, e no domingo, em Matosinhos, poderão já decidir o vencedor do grupo.

«O objetivo primordial é podermos ficar em primeiro lugar do grupo a pensar já na questão do sorteio do próximo Euro. De certa forma, para nós, é um privilégio estar a falar já no sorteio do próximo Euro e a pensar na possibilidade de aceder a um torneio pré-olímpico», defendeu.

Paulo Pereira, que conduziu Portugal às fases finais dos últimos mundiais, europeus e Jogos Olímpicos, disse ainda que há uns anos «esta situação era impensável» e quer dizer que a seleção «subiu um patamar», mas que «obriga a mais coisas».

«São dois jogos de altíssima rotação, sobretudo este aqui, pois todos sabemos a intensidade com que têm que ser jogados, tendo em conta o público. Ficam jogos muito pesados», referiu o selecionador nacional na antevisão da partida.

Para superar a Macedónia do Norte e dar um passo decisivo rumo à qualificação para o Euro2024, num expectável ambiente adverso, Paulo Pereira defendeu que Portugal tem que ter uma comunicação eficaz entre os seus jogadores, para poder rentabilizar em jogo tudo o que for planificado.

Apesar do pouco tempo disponível para preparar o jogo, inferior ao dos macedónios, que não viajaram e jogam quase todos em casa, Paulo Pereira acredita que, se a comunicação resultar, Portugal «irá conseguir, com certeza, um bom resultado».

Após os dois primeiros jogos – frente a Turquia (44-27) e Luxemburgo (21-31) –, nos quais os lusos conquistaram duas vitórias, é agora a vez de um duplo confronto com a Macedónia do Norte, adversário que Portugal não defronta em competições oficiais desde 2013.

Portugal enfrenta a formação dos Balcãs na quinta-feira, em Skopje, no mítico Pavilhão Boris Trajkovski, pelas 18h00, e tem novo encontro marcado para domingo, em Matosinhos, pelas 17h00, que poderá ditar já a virtual qualificação para o Euro2024, a decorrer na Alemanha.

Nikola Mitrevski, guarda-redes do FC Porto, é uma das figuras mais proeminentes da seleção da Macedónia do Norte, que também soma dois triunfos, comandada pelo ex-jogador Kiril Lazarov, que detém o título de melhor marcador de sempre da Liga dos Campeões, ao apontar mais de 1.300 golos.

Continue a ler esta notícia

Relacionados