Javier Milei vence eleições presidenciais na Argentina - TVI

Javier Milei vence eleições presidenciais na Argentina

  • CNN Portugal
  • com LUSA
  • 19 nov 2023, 23:37
Javier Milei (AP)

O adversário de Milei, Sergio Massa, já reconheceu a derrota

Relacionados

Javier Milei, apoiante fervoroso de Donald Trump, venceu este domingo a segunda volta das eleições presidenciais na Argentina, com quase 56% dos votos, acima dos 44% obtidos por Sergio Massa, atual ministro da Economia e candidato do partido no poder.

Na primeira volta, em 22 de outubro, Sergio Massa obteve 36,78% dos votos, enquanto Javier Milei, deputado populista que se define como um "anarco-capitalista" e que é apoiado pelo ex-presidente Mauricio Macri, ficou com 29,99%.

O ministro Sergio Massa já reconheceu a derrota. "[Javier Milei] é o presidente que a maioria dos argentinos elegeu para os próximos quatro anos”, declarou.

Pouco antes do anúncio dos resultados oficiais, Sergio Massa indicou perante os seus apoiantes, reunidos na sede de campanha em Buenos Aires, que telefonou a Milei para “o felicitar e desejar boa sorte”.

"Hoje acaba uma etapa da minha vida política", anunciou. "Mas saibam que sempre contarão comigo para defender os valores do trabalho, a educação pública, a indústria nacional e o federalismo como valores centrais da Argentina", assinalou o candidato do bloco peronista.

Javier Milei, conhecido como El Peluca (O Peruca) devido ao penteado e às imponentes suíças que se tornaram a sua imagem de marca, prometeu durante a campanha introduzir o dólar dos Estados Unidos como moeda nacional, para combater a inflação de três dígitos, entre outras ruturas nas políticas económicas e financeiras do país.

Outra proposta é uma redução drástica do número de ministérios, para apenas oito, o que levou o seu adversário a afirmar durante a campanha que estava em causa prestação de serviços essenciais à população, incluindo Saúde e Educação.

O ainda presidente Alberto Fernández já reagiu através das redes sociais, escrevendo que "o povo expressou a sua vontade" sobre "o destino do país para os próximos anos".

"Sou um homem de democracia e nada vale mais do que o voto popular. Acreditamos que amanhã podemos começar a trabalhar com Javier Milei para garantir uma transição ordenada", acrescentou.

Lula deseja "boa sorte e êxito" para o novo presidente

O presidente brasileiro, Lula da Silva, congratulou as instituições argentinas pelo processo eleitoral e desejou "boa sorte e êxito" para o novo presidente. "A democracia é a voz do povo, e ela deve ser sempre respeitada. Meus parabéns às instituições argentinas pela condução do processo eleitoral e ao povo argentino que participou da jornada eleitoral de forma ordeira e pacífica. Desejo boa sorte e êxito ao novo governo", escreveu, na rede social X.

Lula da Silva descreve a Argentina como "um grande país" merecedor de "todo o respeito" do povo brasileiro. "O Brasil sempre estará à disposição para trabalhar junto com nossos irmãos argentinos", acrescentou.

Continue a ler esta notícia

Relacionados