Pelo menos 15 soldados morreram e três ficaram gravemente feridos num incêndio que deflagrou esta madrugada num quartel da localidade de Azat, na província oriental de Gegharkunik, na Arménia, disse o Ministério da Defesa do país.

"De acordo com informações preliminares, 15 militares morreram devido a um incêndio que ocorreu numa companhia de engenheiros e franco-atiradores", escreveu o ministério num comunicado.

"O estado de três soldados é considerado grave", acrescentou.

/ AM