Uma "epidemia" do crime. Em dez dias, Brasil deteve 225 suspeitos de planearem ataques em escolas - TVI

Uma "epidemia" do crime. Em dez dias, Brasil deteve 225 suspeitos de planearem ataques em escolas

  • Agência Lusa
  • PF
  • 18 abr 2023, 19:19
Ataque na creche Cantinho Bom Pastor, no Brasil (EPA/Savio James)

Segundo o ministro brasileiro Flávio Dino, há 1.595 boletins de ocorrência registados nos últimos dez dias e 1.224 casos de planos de violência em escolas estão sob investigação em diferentes delegacias do país

Mais de 220 pessoas foram detidas ou indiciadas em casos relacionados com planos e ações de violência no ambiente escolar no Brasil, anunciou esta terça-feira o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino.

“Temos 225 pessoas presas ou menores apreendidos [detidos], isso em dez dias. Isso mostra que estamos diante de uma epidemia. [..] Isso permite-nos, de modo muito eloquente, dimensionarmos: não são casos isolados. É uma rede criminosa estruturada”, afirmou Dino.

No balanço divulgado pelas autoridades sobre as ações tomadas após dois ataques seguidos em escolas do país em menos de dez dias, registados entre março e abril, o Governo anunciou que 694 adolescentes e adultos foram intimados a prestar depoimento em delegacias.

Também foram expedidos 155 mandados de busca na tentativa de evitar este tipo de crime.

Segundo o ministro brasileiro, há 1.595 boletins de ocorrência registados nos últimos dez dias e 1.224 casos de planos de violência em escolas estão sob investigação em diferentes delegacias do país.

Além das ações policiais de combate aos crimes em escolas, o Governo brasileiro anunciou que investirá 3,1 mil milhões de reais (550 milhões de euros) em combate a ataques a escolas com foco na internet.

Continue a ler esta notícia