Ativistas climáticos bloqueiam entrada do Conselho de Ministros - TVI

Ativistas climáticos bloqueiam entrada do Conselho de Ministros

  • 14 set 2023, 09:19

Agarrados uns aos outros nas portas de acesso ao edifício, os estudantes usaram cola e estão emparelhados com tubos de ferro.

Esta quinta-feira de manhã, 20 estudantes do grupo Greve Climática Estudantil estão a bloquear todas as entradas do local onde vai decorrer o Conselho de Ministros, em Algés, no concelho de Oeiras.

"Estamos a bloquear todas as entradas onde vai decorrer o Conselho de Ministros. Estamos colados aos portões e em outros casos usamos tubos de ferro", disse à Lusa, no local, Beatriz Xavier, porta-voz dos ativistas.

Os estudantes usaram cola e alguns estão emparelhados com tubos de ferro que tapam as mãos e os braços, estando agarrados uns aos outros nas portas de acesso ao edifício das instalações do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), onde vai decorrer a reunião interministerial, agendada para as 09:30.

"É inaceitável que os governos não coloquem nas reuniões a crise climática no centro da mesa de discussão. A humanidade registou os meses mais quentes de sempre e vai ser mais intenso. Já sabíamos disto quando começámos os primeiros protestos em 2019", disse Beatriz Xavier do coletivo.

A porta-voz afirmou ainda que os estudantes "não queriam estar aqui", mas precisam de se manifestar.

"Somos desprezados. Segundo o último relatório da ONU, estamos no limite. O ano 2023 é fulcral", acrescentou.

Na porta principal está colocado um cartaz que diz "último inverno de gás", alertando para os perigos da descarbonização.

Além dos ativistas que se prenderam às grades e aos portões, outros elementos do grupo de estudantes mantêm-se no exterior de forma pacífica.

A polícia está presente.

Continue a ler esta notícia