At. Madrid: símbolo tradicional de regresso, sete anos depois - TVI

At. Madrid: símbolo tradicional de regresso, sete anos depois

Getafe-Atletico Madrid (Foto: Mariscal/EPA)

Vontade dos adeptos «colchoneros» cumprida, superando as «razões» do marketing

Relacionados

O Atlético Madrid confirmou, na manhã desta segunda-feira, o regresso do símbolo «tradicional», que vigorou entre 1947 e 1950, assim como entre 1970 e 2017. Apesar de algumas atualizações nas tonalidades, trata-se do mais icónico símbolo dos «Colchoneros».

Importa recordar que o Atlético Madrid apostou num ícone diferenciado em 2017, quando, apesar de manter o formato, desenhou algo a pensar na estética comercial. Todavia, a ira dos sócios culminou numa assembleia-geral, em junho de 2023, que contou com mais de 77 mil votos a favor do regresso do símbolo anterior.

Como tal, a imagem do Atlético Madrid voltará a mudar nos próximos dias. Este caso junta-se a episódios entre os adeptos do Leeds, Everton ou Hull City, que protestaram (e venceram) quando as direções tentaram atualizar o símbolo do clubes, pensando na esfera do marketing.

«Por vezes, o coração tem razões que o marketing desconhece», lê-se no vídeo publicado pelo Atlético Madrid nesta segunda-feira.

 

Fundado em 1903, o primeiro símbolo do Atlético Madrid – azul e branco – está plasmado num dos equipamentos alternativos desta época. Em 121 anos de história, os «Colchoneros» contam com 11 símbolos, ainda que apenas cinco sejam verdadeiramente diferenciados.

 

Continue a ler esta notícia

Relacionados