Maratonista queniano suspenso por sete anos por utilização de doping - TVI

Maratonista queniano suspenso por sete anos por utilização de doping

Lawrence Cherono (Foto: AP / Paul Beaty)

A suspensão foi agravada por Cherono ter prestado falsas declarações e forjado documentos

Relacionados

Lawrence Cherono sofreu uma pesada sanção após testar positivo ao doping. O maratonista queniano, vencedor em 2019 em Boston e Chicago, foi suspenso por sete anos, anunciou esta quarta-feira a Unidade de Integridade do Atletismo (AIU).

A suspensão tem efeito a partir de 16 de julho de 2022, altura em que Cherono ficou suspenso provisoriamente. Acaba, portanto, em 16 de julho de 2029. A suspensão foi agravada pelo facto de Cherono ter prestado falsas declarações e forjado documentos.

Aos 35 anos, o atleta fica com a carreira praticamente acabada. É o 12.º maratonista mais rápido da história, com um recorde pessoal de 2:03.04 horas. Foi quarto nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, em 2021.

Em 2022, teve um controlo positivo a trimetazidina, um medicamento utilizado para a prevenção de anginas de peito. A deteção da substância ocorreu em maio de 2022.

Continue a ler esta notícia

Relacionados