Taxa de juro dos novos depósitos atinge valor mais elevado desde 2014. Mas o valor é... 1,58% (lá fora: 2,73%) - TVI

Taxa de juro dos novos depósitos atinge valor mais elevado desde 2014. Mas o valor é... 1,58% (lá fora: 2,73%)

  • ECO - Parceiro CNN Portugal
  • Luís Leitão
  • 2 ago 2023, 11:53
Dinheiro (Pexels)

Remuneração dos novos depósitos sobe para 1,58% e tem maior aumento desde outubro de 2011. Atingiu o valor mais elevado desde junho de 2014.

Relacionados

A remuneração dos novos depósitos a prazo teve em junho a sexta subida consecutiva. De acordo com dados divulgados esta quarta-feira pelo Banco de Portugal, a taxa de juro média dos novos depósitos a prazo de particulares aumentou de 1,26% em maio para 1,58% em junho. Foi “o maior aumento desde outubro de 2011”.

É também a taxa de juro mais elevada desde junho de 2014, mas mantém-se ainda longe dos 2,73% praticados pela média dos bancos da Zona Euro.

O Banco de Portugal revela ainda que “o montante de novas operações de depósitos a prazo de particulares totalizou 7.695 milhões de euros, mais 205 milhões do que no mês anterior.”

Também a subir está a remuneração dos novos depósitos das empresas. Segundo o Banco de Portugal, em junho, a taxa de juro média dos novos depósitos a prazo de empresas subiu 0,28 pontos percentuais face a maio para os 2,65%. Trata-se da 10.ª subida consecutiva da remuneração das poupanças das empresas desde março de 2012.

Segundo o regulador, “as novas operações de depósitos [das empresas] totalizaram 6.409 milhões de euros, mais 677 milhões do que em maio. Destes, 99% foram aplicados em depósitos a prazo até 1 ano.”

Continue a ler esta notícia

Relacionados