Bankinter aumenta lucros em 54% no primeiro semestre, para 417,9 milhões de euros - TVI

Bankinter aumenta lucros em 54% no primeiro semestre, para 417,9 milhões de euros

  • Agência Lusa
  • NM
  • 20 jul 2023, 08:41
Bankinter

Ativos totais do grupo eram cerca de 110 mil milhões de euros, a 30 de junho

O grupo bancário espanhol Bankinter teve lucros de 417,9 milhões de euros no primeiro semestre do ano, mais 54,2% do que no mesmo período de 2022, anunciou esta quinta-feira a entidade.

O banco, que está presente em Portugal, destacou, num comunicado, que alcançou este resultado apesar do impacto do novo imposto temporário e extraordinário sobre o setor financeiro em Espanha, que no caso do Bankinter se traduziu no pagamento de 77,5 milhões de euros no início deste ano.

Antes do pagamento dos impostos, o resultado global do Grupo Bankinter no primeiro semestre foi 625,2 milhões de euros, mais 67,2% do que no mesmo período de 2022.

Quanto ao Bankinter Portugal, teve resultados antes de impostos de 85 milhões de euros no primeiro semestre, mais 184% do que há um ano.

"O Bankinter Portugal continua a mostrar-se como um negócio muito rentável, com todos os seus indicadores de atividade com clientes, rubricas da conta de resultados e resultados em constante crescimento", lê-se no comunicado do Grupo Bankinter divulgado esta quinta-feira.

Segundo os dados divulgados pelo banco, os empréstimos concedidos pelo Bankinter em Portugal alcançavam os 8.500 milhões de euros no final do primeiro semestre do ano, mais 14% do que em 2022, sendo que 2.600 milhões eram crédito a empresas e 5.900 milhões a privados.

Os recursos dos clientes do banco em Portugal chegaram aos 6.900 milhões de euros no primeiro semestre, mais 6% do que no ano passado.

Ainda em Portugal, no primeiro semestre, comparando com o mesmo período de 2022, a margem de juros semestral cresceu 116% e a margem bruta aumentou 81%.

Para além de Portugal, em termos globais, o Bankinter, disse que teve "crescimentos em todas as linhas de negócio e filiais do grupo" no primeiro semestre.

Os ativos totais do grupo Bankinter eram em 30 de junho cerca de 110 mil milhões de euros.

A carteira de crédito global alcançou 74.597 milhões de euros, quase mais 3% do que no primeiro semestre do ano passado, segundo o Bankinter, que realçou que há um "contexto de abrandamento" nos empréstimos.

Quanto à morosidade (atrasos ou incumprimentos nos pagamentos dos empréstimos pelos clientes) foi de 2,2% no primeiro semestre do ano, semelhante à do mesmo período de 2022.

A rentabilidade do grupo, medida em termos da designada ROE (rentabilidade sobre capitais próprios), situou-se nos 15,5% nos primeiros seis meses do ano (era 10,1% no mesmo período de 2022).

O grupo Bankinter teve lucros líquidos globais de 560,2 milhões de euros em 2022, mais 28,1% do que em 2021.

Em Portugal, o banco teve resultados antes de contabilizados os impostos (não líquidos) de 78 milhões de euros no ano passado, mais 54% do que em 2021.

Continue a ler esta notícia