Benfica: Carreras pode ser solução para a esquerda na próxima época? - TVI

Benfica: Carreras pode ser solução para a esquerda na próxima época?

Álvaro Carreras (JOSE SENA GOULAO/LUSA)

Roger Schmidt admitiu que o futuro do espanhol na Luz está em aberto. Os números do jogo contra o Moreirense mostram um contraste com o passado recente, sobretudo processo ofensivo

Relacionados

Álvaro Carreras estreou-se a titular na Liga no duelo do Benfica contra o Moreirense, chegando ao 11.º de águia ao peito. No final da partida, Roger Schmidt abordou a situação do espanhol que está na Luz por empréstimo do Manchester United.

«A situação é clara, ele está emprestado e temos a opção de o manter no Benfica, mas está tudo em aberto. Foi muito bom para ele jogar, não jogou muito nas últimas semanas porque o Aursnes tem estado muito bem nessa posição, mas é um jogador muito talentoso. Temos a opção de ficar com ele, vamos ver o que é melhor para ele e também para nós», referiu, em conferência de imprensa.

Será que Carreras pode ser solução para a esquerda na próxima época?

Em parceria com o Sofa Score, o Maisfutebol fez uma análise à prestação do lateral-esquerdo no jogo contra o Moreirense e o que mais saltou à vista foi a eficácia de passe (91 por cento) embora tenha perdido 12 vezes a bola. O jogador de 21 anos soltou-se ofensivamente e exibiu-se mais à imagem do que se espera num lateral que joga num candidato ao título - efetuou três cruzamentos e dois remates (um deles obrigou Kewin a uma excelente defesa).

É verdade que Carreras somou três alívios e três desarmes, mas perdeu mais de metade dos duelos que disputou: perdeu oito e ganhou apenas cinco. Um aspeto evidentemente a melhorar.

O «mapa de calor» do defesa prova que este participou em várias jogadas ofensivas, replicando um pouco a acutilância ofensiva que Grimaldo tinha aquando da passagem pelos encarnados.

Álvaro Carreras pode ser solução para o corredor esquerdo do Benfica conforme mostram os indicadores referidos anteriormente. Ainda assim, e pese a bola amostra contra o Moreirense, exige-se maior participação ofensiva e porventura, maior qualidade com bola.

Continue a ler esta notícia

Relacionados