«Benfica está confortável financeiramente, mas não fecha a porta a saídas» - TVI

«Benfica está confortável financeiramente, mas não fecha a porta a saídas»

Luís Mendes, vice-presidente do Benfica e administrador executivo da SAD

Luís Mendes, vice-presidente dos encarnados, garante que o clube apenas vai recorrer ao mercado de transferências caso surja «algo interessante»

Luís Mendes afirmou, esta segunda-feira, que o Benfica está atento ao mercado de transferências que se aproxima, mas garantiu que os encarnados estão «confortáveis» em termos financeiros.

À margem da apresentação dos resultados do empréstimo obrigacionista, o vice-presidente das águias não escondeu que todos os clubes têm de vender jogadores, algo que considerou ser «uma realidade dos clubes portugueses».

«O Benfica irá ao mercado se assim o entender e se o mercado determinar que há condições favoráveis. Quanto à venda de jogadores, o que posso dizer é que qualquer clube tem de vender, é uma realidade e não nos podemos abstrair dela», explicou.

«Estamos numa situação confortável em termos financeiros e não vai condicionar a estruturação da tesouraria e do balanço à entrada de investidores estrangeiros. Se surgir algo interessante, não fechamos a porta, mas não temos nada», acrescentou o dirigente.

Relativamente à presença do Benfica na próxima edição da Liga dos Campeões, Luís Mendes acredita que esse cenário vai-se concretizar, «seja por entrada direta ou via play-off».

Continue a ler esta notícia