Roger Schmidt: «Estamos no melhor momento, vamos dar tudo» - TVI

Roger Schmidt: «Estamos no melhor momento, vamos dar tudo»

Treinador alemão diz que o Benfica terá de ser apenas mais eficaz para poder vencer esta terça-feira em Salzburgo na luta pelo terceiro lugar

Relacionados

O Benfica está obrigado a vencer esta terça-feira o Salzburgo, na Áustria, por uma diferença de dois golos para garantir a qualificação para a Liga Europa através da Liga dos Campeões. Roger Schmidt manifestou-se confiante na antevisão do jogo e diz mesmo que a equipa, apesar do empate diante do Farense, está a passar por um dos melhores momentos da temporada e só precisa de ser mais eficaz.

«Uma coisa é certa, precisamos de dois golos, precisamos marcar mais do que no último jogo. Provavelmente não teremos as mesmas oportunidades, mas, na minha opinião, como mostrámos no último jogo, estamos num bom momento da época, estamos no melhor momento da época. Estamos a jogar muito bem, estamos a criar muitas oportunidades, agora é uma questão de aproveitar as oportunidades para ganharmos jogos», destacou o treinador em conferência de imprensa.

A eficácia foi, aliás, uma das palavras mais repetidas pelo treinador ao longo da conferência de imprensa. «Penso que amanhã é uma excelente oportunidade porque, se não conseguirmos marcar, se não formos eficazes, ficamos fora das competições europeias. Para a equipa, para a equipa técnica, para toda a gente no Benfica, é muito importante estar no futebol internacional no novo ano. Portanto, vamos dar tudo amanhã, estamos confiantes, os jogadores estão em boa forma, portanto, agora depende só de nós», prosseguiu.

A verdade é que, nos 25 jogos que já fez esta época, o Salzburgo perdeu apenas por uma vez por mais de dois golos. «É difícil vencer em Salzburgo, isso é claro, eles têm uma equipa muito boa, mas também já mostrámos no passado que nestas situações somos capazes de jogar bom futebol. Tenho a certeza de que vamos ser capazes de criar oportunidades, estamos em boa forma», comentou.

No primeiro jogo com os austríacos, no Estádio da Luz, o Benfica ficou reduzido a dez, por expulsão de António Silva, e acabou por perder por 2-0. «Se forem ver o primeiro jogo, jogámos 90 minutos com dez [António Silva foi expulso aos 10 minutos, mas houve 10 minutos de compensação] e mesmo assim criámos oportunidades e podíamos ter vencido o jogo. Foi um jogo equilibrado, agora está nas nossas mãos mostrar eficácia no ataque, estar atento aos contra-ataques, aos momentos de transição do Salzburgo porque eles são muito bons nisso, estão sempre à procura disso», alertou.

O Benfica terá, portanto, de ser mais eficaz no ataque e estar atento às transições do Salzburgo. «A nossa abordagem amanhã terá de ser a mesma de sempre, entramos em todos os jogos para vencer. Queremos marcar golos, se marcarmos um, vamos sempre à procura de um segundo. A nossa abordagem vai ser muito natural, estamos prontos para este jogo», destacou ainda.

Continue a ler esta notícia

Relacionados