Luis Suárez: «Tomo três comprimidos e injeto-me para poder jogar» - TVI

Luis Suárez: «Tomo três comprimidos e injeto-me para poder jogar»

Luis Suárez (EPA/Ricardo Rimoli)

Revelação bombástica do avançado uruguaio que está de saída do Grémio de Porto Alegre

Luis Suárez fez uma revelação bombástica, agora que está prestes a despedir-se do futebol brasileiro.

O ainda avançado do Grémio de Porto Alegre salientou todo o sacrifício a que se submete para poder continuar a jogar futebol.

«Nas noites antes de cada jogo tomo três comprimidos e injeto um Voltaren (anti-inflamatório). Se não fizer, isso não posso jogar», afirmou o avançado uruguaio em declarações ao canal "100% Deporte", acrescentando: «Na parte externa do joelho tenho uma tensão que decorre da cirurgia que fiz em 2020, quando estava no Barcelona. Na última etapa da recuperação, veio a pandemia e tive que fazer exercícios sozinho e não consegui terminar de alongar o joelho. Por dentro tenho desgaste de cartilagem e isso atinge o osso. Não gera líquido, senão nem conseguiria mexer, mas fica preso e não consigo nem dobrar.»

Suárez, de 36 anos, despediu-se dos adeptos do Grémio ao marcar o único golo da vitória em casa dos gaúchos sobre o Vasco da Gama, na penúltima jornada do Brasileirão. O uruguaio estará a caminho do Inter Miami, da Major League Soccer, onde irá reencontrar-se em 2024 com os seus antigos companheiros no Barcelona Lionel Messi, Sergio Busquets e Jordi Alba.

Continue a ler esta notícia