Marcelo Rebelo de Sousa foi o primeiro chefe de Estado estrangeiro a saudar Lula da Silva na sessão de cumprimentos no Palácio do Planalto, em Brasília, inserida na cerimónia de posse do Presidente do Brasil.

Marcelo Rebelo de Sousa e Lula da Silva saudaram-se com um abraço prolongado e algumas palmadas nas costas.

Depois, o chefe de Estado português cumprimentou a mulher do Presidente do Brasil, Rosângela da Silva, conhecida como Janja, o vice-presidente do Brasil, Geraldo Alckmin, e sua mulher, Lu Alckmin.

Em representação do Estado português, acompanhavam Marcelo Rebelo de Sousa o ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, e o embaixador de Portugal em Brasília, Luís Faro Ramos.

Seguiram-se, na sessão de cumprimentos, os presidentes e respetivas delegações da Argentina, de Timor-Leste, de Cabo Verde, da Alemanha e o rei de Espanha.

A sessão de cumprimentos dos chefes de Estado e outros representantes estrangeiros aconteceu após o segundo discurso de Lula da Silva durante a cerimónia de posse como Presidente do Brasil, feito no parlatório do Palácio do Planalto.

O Presidente português já tinha cumprimentado Lula da Silva no Congresso Nacional, a seguir à assinatura do termo de posse e ao seu primeiro discurso na cerimónia deste domingo.

Nessa ocasião, os dois posaram por instantes lado a lado perante o fotógrafo do Presidente do Brasil, Ricardo Stuckert.

Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT), que já exerceu dois mandatos como Presidente do Brasil, entre 2003 e 2011, foi eleito novamente para o cargo, em 30 de outubro, à segunda volta, com 50,9% dos votos, numa eleição em que derrotou Jair Bolsonaro.

Presidente da República volta a encontrar-se com Lula na segunda-feira

Marcelo Rebelo de Sousa tem encontro marcado com o novo Presidente da República Federativa do Brasil para segunda-feira, às 12:00, no Palácio do Planalto, em Brasília.

O chefe de Estado português recebeu Lula da Silva enquanto Presidente eleito no Palácio de Belém, em Lisboa, em 18 de novembro.

Na sexta-feira, ao chegar à capital brasileira, Marcelo Rebelo de Sousa anunciou que Lula da Silva irá a Portugal para uma cimeira luso-brasileira e uma visita de Estado entre 22 e 25 de Abril.

/ NM