Baixa de Lisboa "será só para residentes e carros eléctricos" - TVI

Baixa de Lisboa "será só para residentes e carros eléctricos"

  • ECO - Parceiro CNN Portugal
  • Salomé Pinto
  • 2 fev, 19:31
Lisboa

O vice-presidente da Câmara de Lisboa promete alterações substanciais ao esquema de circulação viária no coração da capital, a fim de se cumprirem as exigências ambientais

Relacionados

O vice-presidente da Câmara de Lisboa, Filipe Anacoreta Correia (CDS), que tem o pelouro da mobilidade, defende que, no futuro, a “circulação automóvel na Baixa de Lisboa será só para residentes e carros elétricos”, afirmou esta sexta-feira, em entrevista ao Público.

"Aquilo que temos visto é que é possível hoje, através de novas tecnologias — isso já acontece, por exemplo, em Madrid —, as pessoas irem ao território desde que se desloquem a um parque de estacionamento. Portanto, sabemos que o espaço público fica estrito aos residentes e também aos carros elétricos, como uma forma de diferenciar e encorajar a circulação de carros não-poluentes", detalhou.

O objetivo é “reduzir substancialmente o tráfego automóvel, a poluição e a deterioração da qualidade de vida”, sublinhou.

Anacoreta Correia recordou que Lisboa já tem duas zonas de emissões reduzidas (ZER), “onde há a proibição de circulação de carros anteriores a determinadas datas, mas isso não teve qualquer consequência”.

“O que eu quero é ter anéis na cidade que determinem quais são as medidas amigas do ambiente, nomeadamente para impedir a entrada de carros na cidade por não-residentes que sejam sobretudo poluentes. Essas medidas têm que ser calendarizadas, mas também têm que ser vigiadas. Não basta proclamar para apresentar os anéis”, afirmou sem apresenta.

Continue a ler esta notícia

Relacionados