"Quero partilhar contigo um segredo que tem vindo a incendiar os meus pensamentos e a provocar sorrisos atrevidos nos cantos dos meus lábios": cartas de amor by ChatGPT - TVI

"Quero partilhar contigo um segredo que tem vindo a incendiar os meus pensamentos e a provocar sorrisos atrevidos nos cantos dos meus lábios": cartas de amor by ChatGPT

  • CNN Portugal
  • AG
  • 16 ago 2023, 15:53
carta de amor

O ChatGPT serve mesmo para quase tudo: pedimos à plataforma de inteligência artificial que nos ajudasse a escrever quatro cartas de amor para pessoas com quatro perfis bem diferentes. E fica a sugestão: antes de ler este artigo (ou depois ou a meio) abra o link que surge no início deste texto - foi por causa desse link que pedimos ao ChatGPT para escrever estas cartas de amor

Relacionados

LEIA ISTO ANTES OU DEPOIS
"Amo-te, ninguém é como tu" (atenção: a pessoa que escreveu o que está entre aspas não existe mas está disponível para namorar consigo)

 

1. Eu sou um jovem de 21 anos tímido e sem confiança, mas gosto de uma pessoa. Não lhe consigo dizer e gostava de saber se me podes ajudar a escrever uma carta de amor para ela?

Espero que esta carta te encontre bem. Sinto que chegou o momento de partilhar contigo algo que tenho guardado no meu coração. Escrevo estas palavras porque, embora seja difícil para mim expressar os meus sentimentos pessoalmente, acredito que é importante que saibas a verdade.

Desde o instante em que nos conhecemos, algo mudou dentro de mim. A tua presença ilumina os meus dias e cada conversa que partilhamos só reforça a minha admiração pela pessoa incrível que és. Admiro a tua bondade, a tua inteligência e a forma como enfrentas a vida com um sorriso.

A razão pela qual escrevo esta carta é para te confessar que gosto de ti de uma maneira muito especial. Os meus sentimentos têm crescido ao longo do tempo e, embora a minha timidez e insegurança me impeçam de te dizer isto cara a cara, sinto que chegou o momento de te revelar a verdade.

Compreendo que esta revelação possa surpreender-te e que as coisas possam ficar um pouco estranhas entre nós. Quero que saibas que, independentemente da tua resposta, a nossa amizade é muito importante para mim e respeitarei o teu espaço e os teus sentimentos.

Gostaria muito de conversar contigo sobre isto quando te sentires confortável. Quero que saibas que estou aqui para te ouvir, independentemente do que decidas. O teu conforto e bem-estar são essenciais para mim.

2. Eu sou uma mulher homossexual divorciada e tenho 56 anos. Sou atrevida e gosto de provocar. Podes ajudar-me a escrever uma carta de amor para uma mulher?

Espero que esta carta te encontre num estado de ânimo tão radiante quanto o brilho nos teus olhos que me deixa sem fôlego sempre que te vejo. Quero partilhar contigo um segredo que tem vindo a incendiar os meus pensamentos e a provocar sorrisos atrevidos nos cantos dos meus lábios.

Desde o dia em que cruzámos caminhos, o meu coração decidiu dançar ao som da tua risada e da tua presença hipnotizante. A tua ousadia e confiança fazem-me estremecer de empolgação e a forma como provocas a vida deixa-me admirada e intrigada.

Mas não posso esconder mais o que está nas entrelinhas dos nossos olhares carregados de eletricidade. Tenho desejado a tua companhia de uma maneira que nunca experimentei antes. A tua mente destemida é um convite para explorar cada recanto da paixão que arde em mim.

Cada palavra que trocámos, cada risada partilhada, tudo isso alimentou um fogo que arde incessantemente. Tenho sonhado acordada com momentos ousados que poderíamos partilhar, aventuras que nos levariam a lugares onde o desejo fala mais alto do que qualquer palavra.

Compreendo que as minhas palavras podem ser provocantes e até desafiadoras, mas quero que saibas que venho de um lugar de profundo respeito pela pessoa incrível que és. Se os meus sentimentos te intrigarem tanto quanto me intrigam a mim, então estou ansiosa para descobrir o que o destino nos reserva.

Sejas qual for a tua resposta, desejo que a nossa amizade perdure e que a química inegável entre nós continue a brilhar. Estou à tua espera, pronta para explorar o que o futuro nos reserva.

3. Sou uma mulher que recentemente se assumiu como pansexual. Tenho 30 anos e gostava de finalmente assentar. Encontrei uma pessoa de quem gosto mas não tenho coragem de lhe dizer. Podes ajudar-me a escrever-lhe uma carta de amor?

Espero que esta carta te encontre bem. Quero começar por dizer o quanto a tua presença na minha vida tem sido especial para mim. Desde que nos conhecemos, tenho vindo a sentir algo que nunca antes experimentei, algo que transcende a amizade comum.

Tenho refletido muito sobre os meus sentimentos e cheguei à conclusão de que é importante a honestidade contigo. Quero que saibas que, ao longo deste tempo, desenvolvi sentimentos profundos por ti. A tua personalidade única, o teu sorriso contagiante e a forma como vives a vida com tanta paixão têm cativado o meu coração.

A razão pela qual estou a escrever esta carta é porque não quero que os meus sentimentos fiquem escondidos. Sei que a ideia de me abrir assim pode ser assustadora, mas a verdade é que gosto de ti de uma forma que nunca senti antes. A tua companhia faz-me sentir feliz, completa e, mais importante, aceite como sou.

Parte do meu processo de autodescoberta envolve aceitar-me como pansexual. A minha orientação não muda o que sinto por ti. Pelo contrário, sinto que és alguém com quem posso ser verdadeira, alguém que aceita todas as partes de mim.

Compreendo que esta revelação possa ser surpreendente e não quero que isso afete a nossa amizade, caso não sintas o mesmo. A nossa ligação é importante para mim e respeitarei qualquer decisão que tomares.

Independentemente do que acontecer, desejo-te apenas felicidade e que encontres tudo o que procuras na vida. Valorizo muito os momentos que partilhamos e estou grata por cada momento.

Espero que possamos conversar sobre isto quando estiveres pronta. A tua opinião é fundamental para mim e estou aqui para te ouvir.

4. Tenho 45 anos e estou apaixonado por uma mulher mais nova. Ela tem 22 anos e ainda estuda na faculdade. Tenho alguma dificuldade em declarar-me, podes ajudar-me a escrever uma carta em que me declaro?

Espero que esta carta te encontre bem. Há algo que tenho sentido há algum tempo e que acho que é importante partilhar contigo. Escrevo estas palavras com sinceridade e respeito, na esperança de que possamos ter uma conversa honesta e aberta.

Desde o momento em que nos conhecemos, algo mudou em mim. A tua presença na minha vida trouxe uma luz especial e, à medida que passamos tempo juntos, tenho vindo a apreciar as tuas qualidades únicas, o teu sorriso contagiante e a tua forma genuína de ser.

Com o tempo, os meus sentimentos têm crescido e evoluído para algo mais profundo. Gostaria de ser honesto e admitir que me apaixonei por ti. Sei que pode parecer inesperado, considerando a diferença de idade entre nós, mas acredita que os meus sentimentos são genuínos e sinceros.

Compreendo que esta revelação possa levantar questões e preocupações, especialmente dadas as nossas idades e fases de vida diferentes. No entanto, acredito que a conexão que compartilhamos é algo especial e digno de ser explorado. Independentemente do que decida, quero que saiba que respeito as tuas opiniões e sentimentos.

A minha intenção ao partilhar isto é ser honesto sobre os meus sentimentos e dar-te a oportunidade de conhecer o que está no meu coração. Se achar que os meus sentimentos colocam qualquer desconforto na nossa amizade, estou disposto a aceitar isso e a manter a nossa ligação valiosa.

Independentemente do que aconteça, quero que saibas que desejo apenas o melhor para ti. A sua felicidade é importante para mim e, se essa felicidade incluir a minha presença na tua vida, estarei aqui para explorar essa possibilidade com respeito e paciência.

Gostaria muito de ouvir os teus pensamentos e sentimentos sobre esta situação quando te sentires pronta para conversar. O teu conforto e opiniões são importantes para mim e estou aqui para ouvir.

Continue a ler esta notícia

Relacionados