Comboio parado à saída da Ponte 25 de abril. Circulação ficou com "atrasos significativos" e foi interrompida - TVI

Comboio parado à saída da Ponte 25 de abril. Circulação ficou com "atrasos significativos" e foi interrompida

Não há previsão de hora para o serviço ser normalizado

Um comboio da Fertagus ficou parado à saída da ponte 25 de abril esta quinta-feira de manhã. "Por motivo de incidente com passageiro, o comboio com partida de Coina às 07:13 está retido no Alvito. A circulação está a ser feita com atrasos significativos", explica a transportadora na sua página oficial no Facebook.

O comboio ficou parado à saída da Ponte 25 de Abril cerca das 7.40. O maquinista, "audivelmente nervoso", comunicou a paragem aos passageiros, contou uma testemunha à TVI/ CNN Portugal.

Os passageiros que viajavam neste comboio estão retidos em Alcântara. 

 

Pouco tempo depois foi anunciado que a circulação de comboios estava mesmo interrompida entre Campolide e o Pragal no sentido Norte/Sul. Fonte da empresa afirmou à Lusa que não há ainda uma previsão para a normalização da via.

Fonte do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa disse à Lusa que cerca das 07:50 uma pessoa foi colhida por um comboio na estação do Alvito, perto de Alcântara, em Lisboa, no sentido Sul/Norte.

“Há uma vítima mortal. Um homem que foi colhido por um comboio”, adiantou a fonte.

A Fertagus serve atualmente 14 estações numa extensão de linha com cerca de 54 quilómetros.

Dez estações situam-se na margem Sul do Tejo: Setúbal, Palmela, Venda do Alcaide, Pinhal Novo, Penalva, Coina, Fogueteiro, Foros de Amora, Corroios e Pragal, e quatro na margem Norte: Campolide, Sete Rios, Entrecampos e Roma-Areeiro.

 

Continue a ler esta notícia