Conselho de Estado acaba, comunicado sobre o que se passou tem 10 palavras, uma vírgula e um ponto final acerca da situação em Portugal (o resto - bem mais - é sobre a Ucrânia) - TVI

Conselho de Estado acaba, comunicado sobre o que se passou tem 10 palavras, uma vírgula e um ponto final acerca da situação em Portugal (o resto - bem mais - é sobre a Ucrânia)

  • CNN Portugal
  • DCT
  • 5 set 2023, 19:02
Conselho de Estado de 5 de setembro (Lusa/Rodrigo Antunes)

Esta reunião foi a segunda parte de uma outra que tinha ocorrido em julho

A reunião do Conselho de Estado, que decorreu esta terça-feira no Palácio de Belém, tinha a situação de Portugal na agenda e ainda a Ucrânia como um dos temas centrais. Após a reunião de Marcelo com os seus conselheiros, o Palácio de Belém emitiu um comunicado em que praticamente ignora o que foi discutido sobre a situação do país, não dando qualquer informação relevante aos portugueses.

Aos portugueses foi dada a seguinte informação sobre o que os mais altos conselheiros de Estado discutiram: "Foi concluída a análise da situação política, económica e social".

Nessa mesma nota publicada no site da Presidência, a situação da Ucrânia e o que foi discutido já é alvo de algum desenvolvimento. O texto explica que resumidamente a posição nacional e que tipo de apoio vai ser dado à integração da Ucrânia na NATO e na UE.

Em baixo, pode ler o comunicado na íntegra:

O Presidente da República presidiu, no Palácio de Belém, à Reunião do Conselho de Estado.

No final da reunião, foi divulgada a seguinte nota informativa:

“O Conselho de Estado, reunido sob a presidência de Sua Excelência o Presidente da República, hoje, dia 5 de setembro de 2023, no Palácio de Belém, teve como temas centrais a análise da situação política, económica e social, para conclusão da Reunião do Conselho de Estado de 21 de julho passado, e a Ucrânia.

Foi concluída a análise da situação política, económica e social.

Quanto ao tema Ucrânia, foi reafirmada a solidariedade e a admiração pela resistência do povo ucraniano e reconhecido todo o apoio que Portugal – com plena concordância entre os órgãos políticos de soberania - tem prestado, nas suas múltiplas dimensões, nomeadamente política, diplomática, militar e humanitária. Foi, ainda, assinalado o compromisso de Portugal no processo de integração da Ucrânia na União Europeia e na NATO.

Palácio de Belém, 5 de setembro de 2023

 

Continue a ler esta notícia