Dois mortos e milhares de deslocados devido às fortes chuvas na Coreia do Sul - TVI

Dois mortos e milhares de deslocados devido às fortes chuvas na Coreia do Sul

  • Agência Lusa
  • 15 jul 2023, 08:32
Cheias na Coreia do Sul (AP)

Os dois mortos foram encontrados no interior de um edifício que ruiu na sequência de um deslizamento de terras em Nonsan

As fortes chuvas que atingiram a Coreia do Sul nos últimos dias causaram dois mortos, três desaparecidos e milhares de deslocados, além de cortes nas infraestruturas básicas, informaram este sábado as autoridades.

Os dois mortos foram encontrados no interior de um edifício que ruiu na sequência de um deslizamento de terras em Nonsan, 150 quilómetros a sul de Seul.

Das três pessoas desaparecidas, teme-se que duas tenham morrido num outro deslizamento de terras em Bonghwa, cerca de 170 quilómetros a sudeste da capital sul-coreana.

Cerca de 8.000 habitantes da região de Goesan e da cidade de Chungju foram retirados das suas casas depois de a barragem local ter começado a transbordar.

Cerca de 700 outras pessoas continuam deslocadas em várias partes do país, onde cerca de 100 estradas foram cortadas.

Há a registar também cortes de eletricidade numa dezena de localidades e nos serviços ferroviários no centro do país, onde os avisos de chuvas torrenciais continuam ativos.

Continue a ler esta notícia