Maquinistas realizam nova greve na CP na sexta-feira com 30% de serviços mínimos - TVI

Maquinistas realizam nova greve na CP na sexta-feira com 30% de serviços mínimos

  • Agência Lusa
  • RL
  • 7 mar 2023, 18:23
Comboios (RODRIGO ANTUNES/LUSA)

Ainda assim, haverá constrangimentos a 9 e 11 de março por força da greve do dia 10, alerta o sindicato

Os maquinistas da CP convocaram uma nova greve de 24 horas para a próxima sexta-feira, dia 10 de março, tendo sido decretados serviços mínimos de cerca de 30% a nível nacional, avançou o sindicato.

Em declarações à Lusa, António Domingues, do Sindicato Nacional dos Maquinistas dos Caminhos de Ferro Portugueses (SMAQ) explicou que os profissionais decidiram convocar uma paralisação total no dia 10 de março, tendo o tribunal arbitral decretado 30% de serviços mínimos.

Ainda assim, “haverá constrangimentos a 09 e 11 de março por força da greve do dia 10”, sendo que isso irá resultar em comboios suprimidos, mas o impacto “será reduzido”. A decisão do tribunal arbitral prevê também alguns comboios de serviços mínimos nesses dias.

Depois disso, e até ao dia 18 de março, os maquinistas não irão realizar serviços que durem mais de 7,30 horas, o que não terá um impacto elevado, mas deverá originar algumas supressões, destacou o dirigente sindical. 

O tribunal arbitral decretou ainda serviços mínimos no que seja necessário à segurança e manutenção do equipamento e instalações bem como de serviços de emergência e comboios de socorro.

A greve do SMAQ mantém os fundamentos das paralisações de fevereiro, com os maquinistas a contestarem os aumentos salariais propostos pela CP e questões específicas da sua categoria profissional, como condições de trabalho e o cumprimento do acordo de empresa.

Em fevereiro, as greves convocadas por vários sindicatos da CP levaram à supressão de centenas de comboios por dia

Continue a ler esta notícia