SEF fiscaliza armazéns em Faro onde moram mais de 100 imigrantes - TVI

SEF fiscaliza armazéns em Faro onde moram mais de 100 imigrantes

  • Agência Lusa
  • DF
  • 3 mar 2023, 16:43
Controlo nas fronteiras terrestres (Lusa/Nuno Veiga)

No total foram identificados 132 cidadãos estrangeiros, todos do sexo masculino, quatro dos quais foram notificados para abandonarem o território nacional

Relacionados

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) fiscalizou na quinta-feira em Monte Sabino, em Faro, seis armazéns onde habitam mais de 100 cidadãos estrangeiros, após ter detetado “um registo anormal” de pessoas com a mesma morada, foi hoje anunciado.

Na operação, “apurou-se que os proprietários alugaram cada armazém por 700 euros mensais aos inquilinos, que ali colocaram beliches, subalugando depois cada colchão por 100 euros por mês”, especificou o SEF em comunicado.

A fonte adiantou que as pessoas que ali residem “estão dependentes de conterrâneos, sócios gerentes de empresas prestadoras de serviços para cedência de mão-de-obra para explorações agrícolas, em que o exercício profissional não é desempenhado de forma contínua”.

No total foram identificados 132 cidadãos estrangeiros, todos do sexo masculino, quatro dos quais foram notificados para abandonarem o território nacional, lê-se na nota.

O SEF indicou no comunicado que irá comunicar esta situação às autoridades competentes para serem verificadas as condições de habitabilidade em que estes cidadãos se encontram.

A grande maioria destas pessoas está em processo de regularização através do mecanismo previsto no n.º2 do artigo 88.º da Lei de Estrangeiros, que estabelece as condições para se obter uma autorização de residência para o exercício de atividade profissional com dispensa de visto de residência, conclui o SEF.

Continue a ler esta notícia

Relacionados