Roubado, sequestrado e agredido quando ia para "um encontro íntimo". PJ detém o terceiro suspeito - TVI

Roubado, sequestrado e agredido quando ia para "um encontro íntimo". PJ detém o terceiro suspeito

  • Agência Lusa
  • MSM
  • 5 jul, 13:17
Polícia Judiciária

Crime ocorreu em novembro de 2023, em Marco de Canavezes

Relacionados

A Polícia Judiciária (PJ) deteve na Maia, no distrito do Porto, um suspeito de ter roubado, sequestrado e agredido, juntamente com outros dois homens, um jovem em Marco de Canaveses, em novembro de 2023.

Em comunicado, aquela força de investigação explica que o detido, um homem de 49 anos, está “fortemente indiciado pela prática dos crimes de roubo agravado, sequestro, ofensa à integridade física qualificada e dano”.

Segundo a PJ, em 12 de novembro de 2023, o suspeito e outros dois homens, que já foram detidos e encontram-se em prisão preventiva, abordaram a vítima, de 28 anos, quando esta ia entrar na casa da companheira de um dos alegados autores dos crimes, com quem a vítima marcou “um encontro íntimo” após troca de mensagens numa rede social.

“Após agredirem a vítima violentamente, a murro e pontapés, ainda lhe deram uma facada nas costas, roubaram-lhe os bens que trazia consigo, furaram-lhe os pneus e danificaram o interior da sua viatura”, descreve o texto.

O detido, que tem antecedentes criminais por crimes contra a integridade física, património, segurança ilícita e violência doméstica, vai ser presente à autoridade judiciária competente para interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

Continue a ler esta notícia

Relacionados