Matou a companheira porque esta queria o divórcio. Foi detido depois de ter alta hospitalar - TVI

Matou a companheira porque esta queria o divórcio. Foi detido depois de ter alta hospitalar

  • TVI
  • MSM
  • 8 jun, 09:31
Polícia Judiciária

Crime ocorreu a 25 de maio, em Porto de Mós

Relacionados

Um homem de 56 anos foi detido, pela Polícia Judiciária (PJ) de Leiria, por ser suspeito do homicídio da companheira, informa esta força em comunicado. O crime ocorreu no passado dia 25 de maio, em Porto de Mós.

A vítima manifestou vontade de divorciar-se do homem, que não aceitou esta decisão e "desferiu-lhe violentas agressões com um objeto doméstico, que lhe causaram a morte". De seguida, o agressor atentou contra a sua própria vida, "utilizando uma arma branca".

Na sequência dos graves ferimentos que provocou a si mesmo, o suspeito teve de ser internado nos cuidados intensivos do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

O agressor, que não tinha antecedentes criminais, foi detido e presente a tribunal. Foi-lhe aplicada prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa prevista na lei.

 

Continue a ler esta notícia

Relacionados