Trabalhador sofre queimaduras em acidente na refinaria da Galp em Sines - TVI

Trabalhador sofre queimaduras em acidente na refinaria da Galp em Sines

  • Agência Lusa
  • (artigo atualizado)
  • 16 out 2023, 11:50
Refinaria da Galp, em Sines, continua a ser a maior fonte de poluição do país

O ferido "foi transferido ao início desta manhã para a Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de S. José"

Um homem, de 35 anos, sofreu esta segunda-feira queimaduras num acidente de trabalho na refinaria da Galp em Sines (distrito de Setúbal) e foi transportado para os cuidados intensivos de um hospital em Lisboa, revelaram fontes dos bombeiros e hospitalar.

Contactado pela agência Lusa, o Comando Sub-regional de Emergência e Proteção Civil do Alentejo Litoral explicou que a vítima sofreu “queimaduras em algumas partes do corpo”, na sequência “da explosão de um compressor na refinaria”.

O alerta para esta ocorrência foi dado aos bombeiros às 03:40 e o homem foi “assistido no local por duas enfermeiras da refinaria da Galp”, sendo que nas instalações “estiveram também dois médicos da refinaria que definiram o estado da vítima como ligeiro”, relatou a mesma fonte.

O ferido foi transportado pelos Bombeiros de Sines para o Hospital do Litoral Alentejano (HLA), situado no vizinho concelho de Santiago do Cacém, disse ainda o comando sub-regional da Proteção Civil, frisando que a ocorrência ficou concluída às 05:00.

Contactada pela Lusa, uma outra fonte dos bombeiros precisou que a vítima “é um homem, de 35 anos”.

Uma fonte hospitalar revelou ainda à Lusa que o homem “foi transferido ao início desta manhã para a Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de S. José”, em Lisboa, e que apresenta “queimaduras no rosto, mãos e zona respiratória”.

Para o local da ocorrência, foram mobilizados seis operacionais, apoiados por três veículos, incluindo meios dos bombeiros, GNR e Instituto Nacional de Emergência Médica, com a sua viatura médica de emergência e reanimação do HLA.

A refinaria da Galp em Sines encontra-se em período de paragem programada, ao longo deste mês e no próximo, para trabalhos de manutenção.

Continue a ler esta notícia