"Chupa-me a língua": o pedido "perturbador" de Dalai Lama a um menino - TVI

"Chupa-me a língua": o pedido "perturbador" de Dalai Lama a um menino

  • CNN Portugal
  • MCP
  • 10 abr, 12:02

O líder religioso do Tibete diz que lamenta "pela dor" que as suas palavras "podem ter causado"

As imagens do líder espiritual Dalai Lama a beijar um menino na boca são seguidas de um pedido para que a criança lhe chupe a língua, num evento público na Índia, a 28 de fevereiro. Recentemente, estas imagens espalharam-se pela internet, levantando uma onda de críticas. Agora, Dalai Lama pediu desculpa.

Nesta segunda-feira, os representantes de Dalai Lama enviaram um comunicado a dizer que o líder religioso “deseja desculpar-se com o rapaz e a sua família, bem como com os seus muitos amigos de todo o mundo, pela dor que as suas palavras podem ter causado”, acrescentando que “lamenta” o incidente.

 

“Sua Santidade costuma provocar as pessoas que conhece de maneira inocente e divertida, mesmo diante de público e diante das câmaras”, justificam.

Apesar de alguns comentários nas redes sociais sublinharem que a cultura tibetana de mostrar a língua pode ser uma forma de cumprimento, o momento foi, por muitos, considerado "perturbador".

 

 

Em resposta à CNN Internacional, o grupo de direitos da criança, com sede em Deli, Haq: Center for Child Rights, disse, num comunicado, que condena “toda a forma de abuso infantil”.

“Algumas notícias referem-se à cultura tibetana de mostrar a língua, mas este vídeo certamente não é sobre nenhuma expressão cultural e, mesmo que seja, tais expressões culturais não são aceitáveis”, manifestam.

Continue a ler esta notícia

Mais Vistos