Estava a jogar no telemóvel do pai e gastou quase mil euros a encomendar comida - TVI

Estava a jogar no telemóvel do pai e gastou quase mil euros a encomendar comida

  • CNN Portugal
  • 2 fev 2023, 09:35
Criança encomendou quase mil euros em comida

Rapaz de seis anos encomendou comida no Grubhub sem autorização dos pais

A comida começou a chegar à casa da família Stonehouse, na cidade de Chesterfield, perto de Detroit, nos EUA, por volta das 21:00 de sábado. E continuou ao longo de toda a noite. As imagens da câmara de segurança da casa mostram as encomendas a chegar, uma a seguir à outra. Keith Stonehouse estava perplexo: "O que está a acontecer? Porque é que estão a trazer-me comida?", perguntou a um dos estafetas. Até que, finalmente, percebeu o que se tinha passado.

Keith tinha deixado o seu filho de seis anos, Mason, jogar no seu telemóvel antes de dormir. O miúdo divertiu-se a explorar as várias aplicações do telefone do pai e acabou por gastar cerca mil dólares (perto de 917 euros) em pedidos no Grubhub. Mason pediu praticamente todos os alimentos que estavam disponíveis, incluindo camarão, saladas, wraps de frango, sanduíches, batatas fritas com queijo chili e vários gelados. Os pedidos foram tantos que o banco de Keith enviou-lhe um alerta de fraude, recusando um pedido de pizza no valor de 400 dólares.

O pai ainda tentou ligar para os restaurantes para cancelar os pedidos, mas responderam-lhe que o cancelamento só poderia ser feito através da Grubhub. A família acabou por partilhar a comida com os vizinhos.

"Fui falar com o Mason sobre o que ele fez e esta é a única parte que me faz rir”, contou Keith ao MLive.com. “Eu estava a tentar explicar-lhe que isto não se faz e ele levantou a mão e disse: 'Pai, as pizzas de calabresa já chegaram?' Eu tive de sair da sala, não sabia se me zangava ou se ria." 

Segundo a CNN Internacional, a Grubhub entrou em contacto com a família Stonehouse sobre a “onda inesperada de gastos” e, compreendendo a situação, ofereceu-lhes mil dólares em vales-presente.

Os pais de Mason disseram que, por agora, o rapaz está proibido de mexer nos telefones.

Continue a ler esta notícia