Donald Trump garante que será candidato a presidente dos EUA mesmo se for condenado - TVI

Donald Trump garante que será candidato a presidente dos EUA mesmo se for condenado

  • Agência Lusa
  • AG
  • 12 abr 2023, 07:34
Donald Trump reage à acusação do Tribunal de Manhattan (Evan Vucci/AP)

Milionário também já comentou a intenção de Joe Biden de se recandidatar

Relacionados

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse esta terça-feira que não retirará a candidatura presidencial mesmo que seja condenado pelas 34 acusações de falsificação de registos comerciais.

As declarações foram feitas numa entrevista à cadeia de televisão Fox News, a primeira após as acusações relacionadas com pagamentos feitos à atriz pornográfica Stormy Daniels para comprar o seu silêncio sobre uma relação sexual mantida entre ambos.

O republicano de 76 anos aproveitou a oportunidade para criticar o presidente, Joe Biden, de 80 anos, que manifestou a intenção de se recandidatar em 2024.

"Penso que ele não pode [concorrer ao cargo]", disse Trump sobre Biden, acrescentando que "não se trata da idade, (...) há apenas algo de errado [com ele]".

Relativamente à guerra na Ucrânia, Trump disse que é algo que não teria acontecido se ainda estivesse na Casa Branca e chegou mesmo a afirmar que falou com o presidente russo, Vladimir Putin, sobre o assunto quando ainda ocupava a Casa Branca.

"Pude ver que ele amava a Ucrânia, considera-a parte da Rússia", disse, criticando a atual política norte-americana em relação à guerra, especialmente o apoio militar dado ao Governo ucraniano.

Os EUA concederam mais de 70 mil milhões de dólares (64 mil milhões de euros) em ajuda à Ucrânia desde que a guerra começou, incluindo apoio humanitário, militar e financeiro, de acordo com dados do Instituto de Kiel para a Economia Mundial.

Continue a ler esta notícia

Relacionados