Eduardo Cabrita vai ser ouvido como arguido por homicídio negligente por omissão - TVI

Eduardo Cabrita vai ser ouvido como arguido por homicídio negligente por omissão

Eduardo Cabrita

Relacionados

O ex-ministro da Administração Interna Eduardo Cabrita vai ser ouvido como arguido na instrução ao atropelamento mortal na A6, por homicídio negligente por omissão, sabe a CNN Portugal.

Em causa o pedido de abertura de instrução da Associação dos Cidadãos Auto-mobilizados, com o intuito de responsabilizar também o antigo governante pela morte do trabalhador na autoestrada, ao qual o Tribunal da Relação de Évora deu provimento.

Já em janeiro, o mesmo tribunal tinha aceitado o recurso da família do motorista para que Cabrita respondesse à instrução por homícidio negligente por ação, sendo que, recorde-se, não era o antigo governante quem ia a conduzir o carro envolvido no atropelamento mortal.

É a primeira vez que um juiz vai analisar a conduta de Eduardo Cabrita.

O último recurso foi interposto pela ACA-M na sequência da rejeição de requerimento de abertura de instrução (RAI) e pretende que o arguido Eduardo Cabrita seja pronunciado para julgamento por um crime de homicídio negligente, por omissão.

O ex-ministro é, assim, arguido por homicídio negligente por ação e omissão.

Continue a ler esta notícia

Relacionados

Mais Vistos