Luna-25 falhou a missão: nave russa despenhou-se na superfície da Lua - TVI

Luna-25 falhou a missão: nave russa despenhou-se na superfície da Lua

  • CNN Portugal
  • BC
  • 20 ago 2023, 10:16

A Luna-25 tinha prevista uma aterragem suave no polo sul da Lua a 21 de agosto

Relacionados

A nave lunar russa Luna-25, a primeira enviada por Moscovo à Lua em 47 anos, falhou a missão: girou para fora de controlo e despenhou-se na Lua, adianta a Reuters, citando informação da Roscosmos, a agência espacial russa.

"O aparelho moveu-se para uma órbita imprevisível e deixou de existir em resultado de uma colisão com a superfície da Lua", refere a Roscosmos em comunicado divulgado este domingo.

No sábado, a agência espacial russa tinha revelado que perdera o contacto com a Luna-25 na sequência de uma anomalia. 

A Rússia não tentava uma missão lunar desde a Luna-24 em 1976, quando o regime era liderado por Leonid Brezhnev. A Luna-25 tinha prevista uma aterragem suave no polo sul da Lua a 21 de agosto, de acordo com as informações prestadas pela Roscosmos.

O falhanço desta missão lunar é uma nódoa no prestígio da investigação aeroespacial russa, desde os seus dias de glória na Guerra Fria, quando os russos competiam com Washington e Moscovo foi a primeira capital a lançar um satélite em órbita da Terra, o Sputnik 1, em 1957, e o cosmonauta soviético Yuri Gagarin se tornou o primeiro homem a viajar para o espaço em 1961.

Mais recentemente, a Rússia tem competido diretamente com a Índia, que prevê fazer aterrar na Lua, já na próxima semana, a nave lunar Chandrayaan-3, bem como com a China e os Estados Unidos, que têm projetos espaciais para regressar à Lua. 

Até aos dias de hoje, apenas três países conseguiram aterrar com sucesso na Lua: a  então União Soviética, os Estados Unidos e a China. A Índia e a Rússia pretendem ser os primeiros a aterrar no polo sul da Lua.

As sanções impostas à Rússia após a invasão da Ucrânia têm dificultado o acesso do país à tecnologia ocidental, afetando o seu programa espacial. A Luna-25 foi inicialmente concebida para transportar um pequeno veículo lunar, mas essa ideia foi abandonada para reduzir o peso da nave e aumentar a sua fiabilidade.

Continue a ler esta notícia

Relacionados