Eram dos fugitivos mais procurados da Europa. Foram detidos numa zona de veraneio - TVI

Eram dos fugitivos mais procurados da Europa. Foram detidos numa zona de veraneio

  • CNN Portugal
  • DCT
  • 2 ago 2023, 17:34
Guardia Civil (Guardia Civil)

Operação da Guardia Civil contou com o apoio da Equipa de Intervenção Rápida da Gabinete Nacional de Investigação da Polícia Húngara. Há ainda dois homens em fuga

A Guardia Civil espanhola conseguiu, finalmente, deter três homens que estavam fugidos da justiça e faziam parte de uma das redes de narcotráfico mais procuradas da Europa. Segundo o El País, os homens de nacionalidade húngara foram detidos, a 19 de junho, enquanto se encontravam de ‘férias’ em Costa Blanca, na zona turística de Calpe, Alicante.

Os três homens estavam escondidos em Espanha com uma identidade falsa e há já largos meses que eram procurados pela Europol, no âmbito da campanha Game Over, lançada no final do ano passado e que incluía um grupo de 50 criminosos. 

Estes três homens, juntamente com outros dois cidadãos húngaros - que continuam com o paradeiro desconhecido - fazem parte de uma rede de narcotráfico que tinha criado uma infraestrutura digital que, através de um computador, controlava o cultivo e o processamento de milhares de plantas de Cannabis sativa na Hungria. 

A plantação foi desmantelada em 2021 - tendo sido apreendidos 165 quilos de marijuana - e desde então que os cinco cidadãos húngaros saíram do país e passaram a fazer parte da lista dos mais procurados da Europol. Mesmo assim, continuavam a introduzir droga no seu país-natal através de camiões oriundos de Espanha, ilegalidade que as autoridades espanholas já andavam a investigar desde maio deste ano, como indica o Ministério do Interior de Espanha.

A operação com a Guardia Civil contou com o apoio da Equipa de Intervenção Rápida do Gabinete Nacional de Investigação da Polícia Húngara e, diz o El País, os três homens detidos podem ser condenados à prisão perpétua.

Continue a ler esta notícia