A Trump Organization, empresa do ex-presidente norte-americano Donald Trump, foi esta sexta-feira multada por um juiz de Nova Iorque em 1,6 milhões de dólares (1,48 milhões de euros) por executar um esquema de fraude financeira e fiscal.

O grupo do multimilionário norte-americano, candidato às eleições presidenciais de 2024, foi julgado por evasão fiscal e falsificação de declarações contabilísticas, nomeadamente com o objetivo de ocultar das autoridades fiscais compensações financeiras de alguns altos dirigentes.

De acordo com a lei de Nova Iorque, o máximo que as empresas podem ser multadas por este tipo de crime é de cerca de 1,6 milhões de dólares, montante aplicado hoje pelo juiz Juan Manuel Merchan.

/ RL